Bolsas

Câmbio

Avianca suspende voos para a Venezuela a partir de 16 de agosto

A companhia aérea colombiana Avianca suspendeu a venda de passagens assim como os voos realizados de e para a Venezuela a partir de 16 de agosto.


A decisão foi tomada após reunião técnica realizada hoje em Bogotá com as autoridades aeronáuticas colombianas.


A Avianca notificou as diretorias do Instituto Nacional de Aeronáutica Civil da Venezuela (INAC) e a Aerocivil da Colômbia da suspensão de voos para o país, diante das dificuldades que vem apresentando a operação aérea na Venezuela.


"A medida se baseia na necessidade de adequar vários processos aos padrões internacionais, melhorar a infraestrutura aeroportuária na Venezuela e garantir a consistência nas operações", informou a aérea em comunicado divulgado em suas redes sociais.


A companhia deixará de operar as rotas Bogotá-Caracas e Lima-Caracas a partir do dia 16 de agosto, e não venderá passagens agendadas para dias posteriores a data.


"Depois de mais de 60 anos de serviços contínuos na Venezuela, lamentamos na Avianca ter de chegar a esta difícil decisão, mas a nossa obrigação é garantir a segurança da operação", afirmou Hernán Rincón, presidente-executivo da Avianca, destacando a disposição em retomar as rotas assim que existam condições para tal.


Os passageiros com viagens marcadas para depois de 16 de agosto terão direito a reembolso das passagens.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos