Bolsas

Câmbio

Comissão da reforma política mantém suplentes de senadores para 2018

A comissão especial da reforma política na Câmara dos Deputados rejeitou do parecer do relator Vicente Cândido (PT-SP) a proposta de extinção de suplentes de senadores para as eleições de 2018. A alteração do texto faz com que as regras atuais de suplência dos mandatos de senadores sejam mantidas. Cada senador eleito continuará tendo dois suplentes, para mandato de oito anos.


Em seu texto, o petista defendia que a figura dos suplentes de senadores fosse extinta. O parlamentar propôs que o deputado federal mais votado do mesmo partido ou coligação substituiria o senador em caso de renúncia ou perda de mandato.


Também foi mantido no texto o dispositivo que prevê que um candidato pode disputar mais de um cargo, sendo um majoritário e outro proporcional, em um mesmo pleito.


Com a votação dos destaques, a comissão concluiu a votação do relatório do petista. O projeto seguirá para ser votado no plenário da Câmara, em dois turnos, e para o Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos