Bolsas

Câmbio

Ex-procurador da República Marcelo Miller deve ser preso após depor

O ex-procurador da República Marcelo Miller, que presta depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR), no Rio de Janeiro, desde as 15h30, deve ser preso ao fim da audiência.


Segundo fonte ouvida pelo Valor, durante o depoimento os procuradores do grupo de trabalho da Operação Lava-Jato - que atuam com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot - foram até o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), para pedir a prisão preventiva de Miller.


Ele é suspeito de favorecer a JBS enquanto ainda era membro do Ministério Público Federal. Ele pediu exoneração para atuar no escritório que negociou o acordo de leniência da J&F.


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já pediu ao Supremo Tribunal Federal a prisão de Miller e dos empresários Joesley Batista e Ricardo Saud, delatores da JBS.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos