Topo

Profarma estuda realização de oferta pública

20/09/2017 10h56

A distribuidora de produtos farmacêuticos Profarma informou, em pedido de esclarecimento da B3, que a realização de uma oferta pública subsequente de ações é uma das opções que a companhia está considerando como alternativa para captação de recursos.


Segundo a Profarma, a captação de recursos teria como objetivo o projeto de crescimento orgânico da empresa, mas que, até o momento, não há definição da administração sobre a viabilidade ou realização de uma oferta pública.


"Uma definição a respeito das alternativas que estão sendo consideradas pela companhia depende, dentre outros fatores, da conjuntura política e econômica do Brasil e das condições dos mercados de capitais nacional e internacional", completou a Profarma.


Ontem (19), uma agência de notícias havia informado que a companhia trabalha para realizar uma oferta subsequente até janeiro de 2018 e que já teria contratado bancos de investimento para a operação.

Mais Economia