PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Iata prevê que aviação mundial quase dobre de tamanho até 2036

24/10/2017 10h30

A aviação vai transportar 7,8 bilhões de passageiros por ano em 2036, quase dobrando o tráfego atual, de 4 bilhões de embarques, segundo projeções apresentadas nesta terça-feira pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), entidade que representa as 275 maiores empresas do setor do mundo.


Esse cenário leva em consideração uma taxa média anual de expansão de 3,6%. A nova estimativa para o horizonte de duas décadas supera em 8,3% as apresentadas no ano passado, que apontavam um universo de 7,2 bilhões de passageiros em 2035.


Segundo a Iata, o aumento do tráfego aéreo de passageiros será liderado pela China, que vai ultrapassar os Estados Unidos como maior mercado da aviação no planeta em 2022. O setor de aviação chinês vai saltar dos atuais 500 milhões para 1,5 bilhão de embarques em 20 anos. Já os americanos terão a demanda subindo dos atuais 750 milhões de clientes para 1,1 bilhão de pessoas embarcadas daqui a duas décadas.


Para a América Latina, a Iata prevê que a aviação vai crescer a uma taxa média anual de 4,2%, elevando a quantidade anual de passageiros transportados dos atuais 336 milhões de embarques para 757 milhões de clientes atendidos em 2036.

PUBLICIDADE