Bolsas

Câmbio

IGP-M sobe 0,37% na segunda prévia de novembro

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou, no segundo decêndio de novembro, alta de 0,37%, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Na parcial de outubro, o avanço tinha sido de 0,30%. O segundo decêndio do IGP-M compreende o intervalo entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.


Com peso de 60% nos IGPs da FGV, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 0,43% na segunda prévia de novembro; um mês antes, tinha avançado 0,36%.


Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30% no IGP-M e demais IGPs, saiu de alta de 0,24% na parcial de outubro para 0,23% em mesmo período de novembro.Das oito classes de despesa, o destaque ficou com Alimentação, que deixou elevação de 0,08% para queda de 0,18%. Nessa classe de despesa, cabe mencionar o item hortaliças e legumes (4,37% para 0,08%). O mesmo comportamento foi observado emVestuário (0,80 para -0,41%) e em Educação, Leitura e Recreação (0,37% para -0,20%).


Respondendo pelos 10% restantes do IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) aumentou 0,28% na segunda leitura de novembro, após marcar incremento de 0,11% um mês antes. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços teve alta de 0,62%, acima do resultado da medição de mesmo período de outubro, de 0,18%. O índice que representa o custo da Mão de Obra não registrou variação, após subir 0,05% na parcial de outubro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos