ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Lucro da Marcopolo recua 67% em 2017

22/02/2018 09h31

A fabricante de carrocerias de ônibus Marcopolo registrou um lucro líquido, atribuível aos controladores da companhia, de R$ 72,170 milhões em 2017, uma queda de 67% ante os R$ 219,4 milhões reportados no ano anterior.


O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) teve uma baixa de 66,1% no acumulado do ano, para R$ 119,7 milhões. A margem Ebitda no ano passou de 13,7% para 4,2%.


A Marcopolo explica, no informe de resultados, que a queda no lucro não se deu por motivos operacionais, mas porque o resultado de 2016 foi beneficiado pontualmente por R$ 268,1 milhões da venda parcial de ações da New Flyers Industries.


Outros pontos que afetaram o Ebitda, de acordo com a companhia, estão em eventos não recorrentes, como a reestruturação interna realizada no primeiro trimestre, com impacto de R$ 28 milhões, um incêndio na divisão de plásticos que afetou em R$ 17,7 milhões e R$ 16,5 milhões de um desvio ocorrido na Marcopolo China.


Apesar do recuo no lucro e Ebitda, a receita líquida subiu 11,7% em um ano, para R$ 2,876 bilhões. No Brasil, teve um avanço de 37,8% de 2016 para 2017, para R$ 1,086 bilhão, e as exportações a partir do Brasil também cresceram, 5,2%, para R$ 999,5 milhões. Já a receita do exterior recuou 5,5%, para R$ 790 milhões.


A demanda no Brasil, segundo a companhia, apresentou recuperação em 2017, principalmente por ônibus. "Enquanto a produção nacional cresceu 2,2% em 2017, interrompendo um ciclo de três anos de retração, a Marcopolo apresentou aumento de 17,3% em unidades produzidas, marcando o início do tão esperado processo de retomada", afirmou, em informe de resultados.

Mais Economia