Bolsas

Câmbio

Aquisição da Piraquê pela M. Dias Branco recebe aval do Cade

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra da Piraquê pela M. Dias Branco. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União" (DOU) desta segunda-feira (19).

Para a autoridade antitruste, "um eventual exercício de poder de mercado por parte das empresas no setor de biscoitos reputa-se improvável". Isso porque "verificou-se que a dinâmica concorrencial do segmento em apreço é caracterizada por fatores como diversidade de players, atuando em um ambiente competitivo, em que os produtos do mercado são considerados significativamente homogêneos - sendo o preço o principal drive a orientar a decisão de consumo dos clientes".

O parecer apontou ainda que "os clientes consultados (distribuidores e grandes varejistas) relataram a existência de poder de barganha em relação a seus fornecedores".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos