ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Vendas do Casino recuam 4% no 1º trimestre, para 8,9 bilhões de euros

17/04/2018 10h41

O grupo varejista francês Casino informou nesta terça-feira que as vendas da companhia totalizaram 8,9 bilhões de euros no primeiro trimestre deste ano, valor que representa uma queda de 4% em relação ao resultado visto no mesmo período de 2017.

De acordo com a companhia, o resultado foi prejudicado pelo câmbio, que teve um efeito negativo de quase 8%. Em termos orgânicos, as vendas avançaram 3%, e quando desconsiderados efeitos provocados pela diferença de calendário e a venda de combustíveis, o crescimento atingiu 2%.

Na França, a receita totalizou 4,5 bilhões de euros nos primeiros três meses do ano, alta de 1,5%, puxada pela recuperação dos hipermercados da bandeira Géant e o desempenho das marcas Monoprix, Casino e Franprix, além da melhoria vista nas lojas de conveniência. A Cdiscount, loja de comércio eletrônico do Casino, registrou um aumento de 15% da receita, a 524,2 milhões de euros, mas o aumento em termos orgânicos foi de 5%. A diferença ocorreu por causa da receita de análise de dados, que aumentou 30%.

As vendas do grupo francês na América Latina recuaram 10%, para 4 bilhões de euros, mas subiram 5% em termos orgânicos e 2% quando desconsiderados distorções produzidas por diferenças de calendário e vendas de combustíveis. O Casino atribuiu o resultado à desaceleração da inflação dos alimentos e um efeito negativo de 16,5% relacionado ao câmbio.

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) apresentou aumento de 6% nas vendas em termos orgânicos e 2,2% quando as bases são ajustadas, puxada por um aumento de 7,4% dos volumes, compensando a deflação de 4% dos alimentos.

As atividades da Via Varejo, incluindo a Cnova, foram mantidas pela companhia francesa como operações descontinuadas.

Mais Economia