ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Petrobras finaliza cessão do campo de Roncador para a Equinor

15/06/2018 07h59

A Petrobras finalizou na quinta-feira (14) a transação para cessão de 25% de participação no campo de Roncador, na Bacia de Santos, para a Equinor (ex-Statoil), conforme comunicado divulgado nesta sexta-feira (15).

Ontem, a estatal petrolífera recebeu US$ 2 bilhões pela transação, adicionalmente aos US$ 117,5 milhões recebidos como adiantamento na assinatura do contrato de parceria estratégica, anunciado em dezembro de 2017.

Além desse valor, a Equinor realizará pagamentos contingentes, referentes aos investimentos nos projetos que visam ao aumento do fator de recuperação desse campo, carregando a Petrobras na proporção de dois para um (além dos 25% de sua participação, a Equinor pagará mais 25%), limitados a US$ 550 milhões.

Segundo a Petrobras, todas as condições precedentes para a conclusão do negócio foram cumpridas, incluindo a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), além da negociação de contratos de uso de facilidades de produção e de compra de gás associado pela Petrobras.

"Essa operação concretiza a parceria estratégica entre a Petrobras e a Equinor, permitindo que as empresas combinem suas experiências para a otimização da produção e aumento do fator de recuperação e reservas do Campo de Roncador, que será alavancado pelo STAA (Acordo Estratégico de Cooperação Técnica)", informou a empresa, no comunicado.

A Petrobras ressaltou que a Equinor tem "expertise" na otimização de campos maduros e que, para o campo de Roncador, o objetivo é aumentar o fator de recuperação em pelo menos 5%, podendo trazer um volume adicional de aproximadamente 500 milhões de barris de óleo equivalente (boe).

Com o fechamento dessa operação, o valor total de entrada de caixa em 2018 por meio do Programa de Parcerias e Desinvestimentos totaliza US$ 5 bilhões.

Mais Economia