PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Banco do Brasil e EDP fecham acordo para energia no mercado livre

20/06/2018 13h15

O Banco do Brasil e a EDP Energias do Brasil anunciaram hoje um contrato para migração do banco estatal para o mercado livre de energia. O contrato terá validade de cinco anos, e envolve R$ 86 milhões.

A EDP, por meio da sua comercializadora varejista, vai disponibilizar 400 gigawatts-hora (GWh) para 24 dependências do Banco do Brasil localizadas em 14 estados do país, ao longo de cinco anos. O volume equivale ao consumo anual de uma cidade de 130 mil habitantes.

A energia adquirida será incentivada ? gerada por fontes renováveis ?, o que, segundo o BB, reafirma seu compromisso com ações de sustentabilidade.

Para o banco, a migração para o mercado livre vai envolver uma economia de R$ 50 milhões com a tarifa de energia. O consumo total do banco é da ordem de R$ 450 milhões anuais.

A EDP venceu uma concorrência aberta pelo BB, na qual disputou com Copel e CPFL. A licitação foi feita por meio de pregão eletrônico.

O acordo, segundo Paulo Caffarelli, presidente do BB, faz parte da estratégia do banco estatal de reduzir as despesas operacionais. "Para nós, esse é apenas um primeiro movimento. Temos uma série de outros movimentos previstos", afirmou.

O executivo informou que, além da migração das 24 unidades, outros prédios do banco devem migrar em seguida para o mercado livre. .