ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Agronegócio

Criador de galinha ornamental gigante e com topete vende ovos pelo correio

Priscila Tieppo

Do UOL, em São Paulo

09/04/2014 06h00Atualizada em 21/07/2015 17h58

Galos com mais de 1 m de altura, galinhas com topetes ou grandes “cabeleiras” e penas coloridas são o principal negócio de um produtor de Porto Ferreira (a 228 km de São Paulo).

A maior parte das vendas da criação de Mario Salviato, 38, não se refere às aves, mas sim aos ovos galados, isto é, ovos fertilizados, que darão origem a pintinhos quando colocados em chocadeiras.

São cerca de 400 dúzias de ovos de galinhas exóticas vendidas por mês, segundo ele. Os clientes são criadores e colecionadores de várias partes do país, que compram os ovos principalmente através do site de Salviato, embora também seja possível adquiri-los diretamente no sítio do produtor.

Os ovos são entregues pelo correio, embalados em plástico bolha e então colocados em caixas de isopor contendo casca de arroz, para que não se quebrem.

O frete é cobrado de acordo com a região em que o comprador mora. "Normalmente, os envios para o Norte e Nordeste ficam mais caros, por conta da distância", diz o produtor.

Cada ovo custa de R$ 2 a R$ 30, dependendo da raridade da raça. Entre as galinhas mais incomuns, estão os exemplares da raça gallus bankiva, da Índia, que pesam pouco mais de 1kg quando adultos.

Os ovos mais vendidos são os da raça brasileira índio gigante, cujo galo passa de 1m de altura e a galinha, 85 cm --uma galinha comum mede cerca de 50 cm. “Os ovos do índio gigante representam 15% das vendas”, diz. Cada ovo da ave custa R$ 5.

O interesse de Salviato pelas aves, diz ele, começou aos oito anos de idade, quando passou a pedir ao pai que lhe comprasse galinhas exóticas.

De colecionador, tornou-se comerciante, lançando um site de vendas de ovos e aves em 2008. Em seu sítio, há hoje cerca de 5.000 exemplares, de 120 raças.

“Era muito difícil encontrar raças diferentes aqui no Brasil. Eu chegava a muitos animais comprando ovos pela internet”, diz Salviato, que resolveu criar um sistema mais organizado para outros interessados em aves.

Os cuidados com a embalagem dos ovos não garantem que todos cheguem intactos ou vinguem, ou seja, que nasçam pintinhos de todos eles. “O cliente sabe que corre alguns riscos, mas, desde que comecei a vender, 90% dos ovos têm vingado”, diz.

Cliente da Bahia cria 20 raças de galinhas exóticas

O representante comercial Heitor Ribon, 34, de Araçás (BA), é um dos clientes de Salviato. No sítio da família, ele cria cerca de 300 galinhas, de 20 raças exóticas.

Assim que são entregues pelo correio, os ovos comprados do criador paulista são colocados em chocadeiras elétricas ou em ninhos para serem chocados por galinhas.

Ribon afirma que um dos ovos de uma das encomendas não vingou.  “A gente sabe que pode não nascer algum pintinho, é um risco; mas, em outra compra que fiz, o Mário Salviato acabou me mandando um ovo a mais para compensar”, afirma.

O criador de Porto Ferreira também vende aves adultas através do site, em pouco volume e com baixa frequência, diz. O preço de um exemplar varia de R$ 150 a R$ 1.000, mas os valores são negociados caso a caso. Os animais são enviados aos clientes por avião.

Serviço:

Mario Salviato - Ovos Férteis
www.ovosferteismisalviato.com.br

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Agronegócio