PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Econoweek

O FGTS liberou R$ 1.045 para saque! Veja o que não fazer com esse dinheiro

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

19/05/2020 04h00

Uma das consequências da pandemia do novo coronavírus e da quarentena é a perda de renda da população, já que as pessoas estão em casa, por demissões e, eventualmente, por cortes de salário.

Tentando minimizar esse impacto, entra em vigor em junho o novo saque de R$ 1.045 do FGTS.

Os trabalhadores poderão sacar esse valor de contas ativas (ou seja, da conta do trabalho atual) ou inativas (de serviços anteriores).

Um ponto importante de diferença para o saque que aconteceu em 2019, de R$ 500, é que, dessa vez, o valor não é acumulativo. Ou seja, R$ 1.045 é teto que pode ser sacado mesmo que a pessoa possua mais de uma conta.

É uma boa renda extra para o momento. E para evitar que ela seja gasta em itens não necessários, no vídeo acima, fizemos uma lista do que não fazer com o dinheiro.

1. Deixar de pagar dívidas

Se você tomou dinheiro emprestado ou financiamento, está pagando juros por isso. O dinheiro extra pode servir para liquidar a dívida ou pelo menos adiantar parcelas.

Sobretudo se o crédito for de algum segmento caro (como cheque especial e cartão de crédito), não deixe de usar o dinheiro do FGTS para acertar a conta.

2. Comprar coisas em promoção

Justamente por conta da diminuição de vendas, muitas lojas estão fazendo promoções. E lembre-se de que em junho há uma data importante no varejo: o Dia dos Namorados.

Nossa recomendação é não se empolgar com as promoções se você já não planejava ter aquele gasto.

Sugerimos até que você desative os e-mails de propaganda e pushs caso esteja em um momento que precisa economizar.

Esta pequena atitude faz com que você caia menos em tentação de gastar.

3. Emprestar dinheiro

O momento é difícil para todos, mas avalie bem caso alguém peça dinheiro emprestado.

Há um risco muito grande de os próximos meses serem difíceis para economia e você ficar sem seu dinheiro de volta.

4. Começar a investir em ações

O mercado acionário caiu bastante e em algum momento deve começar a retomar, mas se você nunca estudou sobre o tema e nem tem perfil de risco, não aplique em ações apenas porque o dinheiro é algo que está ali "sobrando".

Opte por investimentos em que você se sinta confortável e, eventualmente, que até já tenha feito.

De novo, o dinheiro pode fazer falta daqui uns meses e arriscá-lo em investimentos desconhecidos não é indicado neste momento.

Investimentos em ações devem ter por objetivo o retorno no médio e longo prazo.

Que outra dica você tem para usar bem o dinheiro do FGTS? Conte aqui nos comentários ou fale com a gente no nosso canal do YouTube, Instagram e LinkedIn. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.