PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Econoweek

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

O que é CDI? Como aplicar seguindo essa taxa?

Conteúdo exclusivo para assinantes
Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone é economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

05/05/2022 04h00

Se você já se cadastrou em uma corretora para investir, entre as opções de renda fixa com certeza esbarrou no termo do qual vamos falar hoje. Quase toda aplicação de renda fixa privada rende um percentual do CDI. Mas, afinal: o que é essa taxa? A coluna explica por que não é possível aplicar em CDI e quais os investimentos rendem tal taxa.

Além de investimentos como CDBs e LCIs, as contas digitais também remuneram o investidor com um percentual do CDI. Provavelmente, vai ouvir falar em algo como 100% do CDI ou taxas até acima disso.

Para entender o CDI é preciso adentrar nas operações bancárias. Vamos supor que você receba um dinheiro extra e deposite R$ 1 mil no banco. Porém, eu, Yolanda, estou cheia de contas para pagar e saco R$ 1500 da minha conta no mesmo banco.

Nesse exemplo, supondo que apenas nós dois somos clientes do banco, a instituição fica com um saldo negativo de R$ 500, mas isso não pode acontecer.

Para não ficar no vermelho e seguir as regras do sistema bancário, esse banco acaba procurando outra instituição para pegar esses R$ 500 emprestados. Se estamos falando de um empréstimo, obviamente há juros.

Os bancos fazem esses empréstimos entre si a uma taxa chamada CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Então CDI nada mais é do que uma taxa de juros de empréstimo entre bancos.

Na prática, é uma taxa de juros bem próxima à taxa Selic, a taxa de juros básica da economia. Se a Selic sobe, o CDI acompanha e também aumenta. Se ela cai, o CDI passa a render menos.

Como investir em CDI?

Não é possível investir diretamente em CDI, pois não se trata de um produto de investimento, como você já entendeu. O que você consegue é aplicar em investimentos que acompanham o CDI.

Por isso mesmo, se você achar algum investimento que rende 100% do CDI significa que vai ganhar exatamente essa taxa.

Pela mesma lógica, se a rentabilidade for 200% da taxa significa que paga o dobro do CDI.

Quais investimentos pagam o CDI?

Praticamente em toda a renda fixa fora do Tesouro Direto você encontra investimentos assim. Se investir em CDBs, LCIs e LCAs de bancos há rendimentos que pagam o CDI. Se for para LCs de financeiras também vai encontrá-lo. O mesmo ocorre em debêntures de empresas.

Ou seja, se entrar na plataforma da corretora vai encontrar várias opções que pagam o CDI.

Abaixo, fizemos um vídeo contando quanto os melhores CDBs do mercado têm rendido atualmente. Se este é o investimento de seu interesse, pode conferir as taxas aqui.

Assista ao vídeo e não se esqueça da novidade: o Econoweek está concorrendo ao prêmio iBest na categoria Investimentos. Se achar nossos conteúdos bacanas, pode contribuir com seu voto.