PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Econoweek

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como investir valores diferentes no Tesouro Direto todos os meses

Conteúdo exclusivo para assinantes
Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone é economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

17/05/2022 04h00

Há algumas semanas, duas seguidoras do Econoweek enviaram uma dúvida semelhante: como investir valores diferentes no Tesouro Direto? Se investir R$ 1 mil neste mês, no seguinte posso diminuir o valor para R$ 200? A coluna traz a resposta para a dúvida tão comum.

O primeiro ponto que você precisa entender é que o Tesouro Direto não é um boleto, ou seja, uma obrigação mensal. Sendo assim, você pode aplicar uma mesma quantia todo mês, mas também começar com uma quantia maior, como R$ 1 mil, e depois diminuir o valor.

Pode ainda aplicar valores diferentes: em janeiro R$ 100, em fevereiro R$ 400, em março mais R$ 300, e assim por diante.

Mais uma opção é aplicar mais de uma vez no mês. Por exemplo, pode investir no começo do mês, logo que receber o salário, mas depois de pagar todas as contas ainda aplicar uma segunda vez o valor que sobrar.

Pode também aplicar uma única vez, como o saque emergencial de R$ 1 mil do FGTS, que abordamos em outra coluna.

Como programar valores diferentes?

Para investir no Tesouro Direto, você precisa estar cadastrado em uma corretora. No site do Tesouro Direto, dentro da área logada, basta escolher o título da carteira.

Quando clicar em um deles, o investimento é adicionado ao carrinho. Ao clicar nele para fechar a compra, o próximo passo é selecionar a corretora e o valor que você vai investir.

Vamos supor que queira aplicar R$ 1 mil. Como é um valor que você quer investir na hora, a opção a ser escolhida é "investir agora".

O pulo do gato está nos investimentos seguintes. Se você quer passar a aplicar R$ 200 nas próximas vezes, vai repetir todo o passo a passo com o novo valor e no final clicar em agendar.

Há a opção de agendamento único, mas se quer repetir o investimento de R$ 200 todos os meses deve escolher a opção de agendamento mensal.

Agora, é só escolher a data em que esse investimento vai ser feito todo mês. Se recebe no dia primeiro, por exemplo, pode escolher investir todo dia 2. Também preencha por quantos meses a operação vai se repetir.

Opções do Tesouro Direto

Há três tipos de renda fixa no Tesouro Direto: o investimento prefixado, com juro fixo, o pós-fixado, que acompanha a taxa Selic, e o de inflação.

Explicamos as vantagens e as desvantagens de cada alternativa no vídeo abaixo.

Mas antes uma novidade: o Econoweek está concorrendo ao prêmio iBest na categoria Investimentos. Se achar nossos conteúdos bacanas, pode contribuir com seu voto.