Katherine Rivas

Katherine Rivas

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Veja data-limite para garantir dividendos de Petrobras e Banco do Brasil

O mês de junho chegou e com ele a oportunidade de garantir proventos pingando na sua conta até janeiro de 2025. Levantamento da coluna apresenta 35 empresas com "data com" para ganhar dividendos e juros sobre capital próprio (JCP).

Na lista, há empresas queridinhas do mercado. Entre estas: Banco do Brasil (BBAS3) e Petrobras (PETR4). Figuram também nomes como Cosan (CSAN3), Ferbasa (FESA4) e até Petroreconcavo (RECV3). Os valores chegam até R$ 1,84 por ação.

Para ter direito a receber os proventos destas empresas, é preciso manter as ações em carteira até o final do pregão da "data com". Essa é a data limite para garantir os dividendos anunciados pelas companhias. Abaixo, você encontra uma lista das ações com datas de corte nas próximas semanas para receber dinheiro na sua conta até setembro. Confira também as empresas que pagam proventos em junho na Agenda de Dividendos do UOL.

Até quando investir nestas ações para garantir dividendos

Confira a lista de ações com "data com" entre 3 e 30 de junho:

Bradesco (BBDC3; BBDC4) - JCP

  • Valor por ação BBDC3: R$ 0,017
  • Valor por ação BBDC4: R$ 0,019
  • Data com: 3 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 4 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 1 de julho de 2024

Banestes (BEES3; BEES4) - JCP

  • Valor por ação BEES3: R$ 0,023
  • Valor por ação BEES4: R$ 0,023
  • Data com: 3 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 4 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 1 de julho de 2024
Continua após a publicidade

Ferbasa (FESA3; FESA4) - JCP

  • Valor por ação FESA3: R$ 0,048
  • Valor por ação FESA4: R$ 0,053
  • Data com: 5 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 6 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 20 de junho de 2024

Petroreconcavo (RECV3) - JCP

  • Valor por ação RECV3: R$ 1,40
  • Data com: 5 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 6 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 17 de junho de 2024

Cosan (CSAN3) - dividendos

  • Valor por ação CSAN3: R$ 0,45
  • Data com: 5 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 6 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 28 de junho de 2024
Continua após a publicidade

Banco do Brasil - dividendos e JCP

  • Valor por ação BBAS3 dividendos: R$ 0,16
  • Valor por ação BBAS3 JCP: R$ 0,29
  • Data com: 11 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 12 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 21 de junho de 2024

Cambuci (CAMB3) - JCP

  • Valor por ação CAMB3: R$ 0,027
  • Data com: 11 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 12 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 28 de junho de 2024

Petrobras (PETR3; PETR4) - JCP

  • Valor por ação PETR3: R$ 0,52
  • Valor por ação PETR4: R$ 0,52
  • Data com: 11 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 12 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 20 de agosto de 2024
Continua após a publicidade

Petrobras (PETR3; PETR4) - dividendo e JCP

  • Valor por ação PETR3 dividendo: R$ 0,45
  • Valor por ação PETR4 dividendo: R$ 0,45
  • Valor por ação PETR3 JCP: R$ 0,073
  • Valor por ação PETR4 JCP: R$ 0,073
  • Data com: 11 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 12 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 20 de setembro de 2024

Banco do Brasil (BBAS3)- JCP

  • Valor por ação: R$ 0,20
  • Data com: 13 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 14 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 28 de junho de 2024

M. Dias Branco (MDIA3) - JCP

  • Valor por ação MDIA3: R$ 0,06
  • Data com: 14 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 17 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 28 de junho de 2024
Continua após a publicidade

Bradesco (BBDC3; BBDC4) - JCP

  • Valor por ação BBDC3: R$ 0,36
  • Valor por ação BBDC4: R$ 0,39
  • Data com: 17 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 18 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 31 de janeiro de 2025

B3 (B3SA3) - dividendos e JCP

  • Valor por ação B3SA3 dividendos: R$ 0,035
  • Valor por ação B3SA3 JCP: R$ 0,05
  • Data com: 18 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 19 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 05 de julho de 2024

Itaúsa (ITSA3; ITSA4) - JCP

  • Valor por ação ITSA3: R$ 0,095
  • Valor por ação ITSA4: R$ 0,095
  • Data com: 20 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 21 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 30 de agosto de 2024
Continua após a publicidade

Itaú (ITUB3; ITUB4) - JCP

  • Valor por ação ITUB3: R$ 0,25
  • Valor por ação ITUB4: R$ 0,25
  • Data com: 20 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 21 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 30 de agosto de 2024

Aura Minerals (AURA33) - dividendos

  • Valor por BDR AURA33: US$ 0,35 (R$ 1,84)
  • Data com: 20 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 21 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 9 de julho de 2024

Mitre Realty (MTRE3) - dividendos

  • Valor por ação MTRE3: R$ 0,028
  • Data com: 20 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 21 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 01 de julho de 2024
Continua após a publicidade

São Martinho (SMTO3) - JCP

  • Valor por ação SMTO3: R$ 0,45
  • Data com: 20 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 21 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 02 de julho de 2024

Smart Fit ( SMFT3) - JCP

  • Valor por ação SMFT3: R$ 0,085
  • Data com: 21 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 24 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 31 de julho de 2024

Tim (TIMS3) - JCP

  • Valor por ação TIMS3: R$ 0,12
  • Data com: 21 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 24 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 23 de julho de 2024
Continua após a publicidade

Copasa (CSMG3) - dividendos e JCP

  • Valor por ação CSMG3 dividendos: R$ 0,068
  • Valor por ação CSMG3 JCP: R$ 0,32
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 19 de agosto de 2024

Lojas Renner (LREN3) - JCP

  • Valor por ação LREN3: R$ 0,16
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 9 de julho de 2024

Afluente Energia (AFLT3) - JCP

  • Valor por ação AFLT3: R$ 0,13
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: em dezembro de 2024
Continua após a publicidade

Coelba (CEEB3; CEEB5; CEEB6) - JCP

  • Valor por ação CEEB3: R$ 0,28
  • Valor por ação CEEB5: R$ 0,28
  • Valor por ação CEEB6: R$ 0,31
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 31 de dezembro de 2024

Cosern (CSRN3; CSRN5; CSRN6) - JCP

  • Valor por ação CSRN3: R$ 0,087
  • Valor por ação CSRN5: R$ 0,096
  • Valor por ação CSRN6: R$ 0,096
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 31 de dezembro de 2024

Elektro (EKTR3; EKTR4) - JCP

  • Valor por ação EKTR3: R$ 0,11
  • Valor por ação EKTR4: R$ 0,12
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 31 de dezembro de 2024
Continua após a publicidade

Grazziotin (CGRA3; CGRA4) - JCP

  • Valor por ação CGRA3: R$ 1,29
  • Valor por ação CGRA4: R$ 1,29
  • Data com: 25 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 26 de junho de 2024
  • Data de pagamento: pendente

Telefônica Brasil (VIVT3) - JCP

  • Valor por ação VIVT3: R$ 0,11
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 30 de abril de 2025

Blau Farmacêutica (BLAU3) - JCP

  • Valor por ação BLAU3: R$ 0,14
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 10 de julho de 2024
Continua após a publicidade

Celesc (CLSC3; CLSC4) - JCP

Parcela 1

  • Valor por ação CLSC3: R$ 0,52
  • Valor por ação CLSC4: R$ 0,57
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 30 de dezembro de 2025

Parcela 2

  • Valor por ação CLSC3: R$ 0,52
  • Valor por ação CLSC4: R$ 0,57
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 30 de dezembro de 2025

Multiplan (MULT3) - JCP

Continua após a publicidade
  • Valor por ação MULT3: R$ 0,23
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: até 30 de junho de 2025

Dimed (PNVL3) - JCP

Parcela 1

  • Valor por ação PNVL3: R$ 0,04
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 31 de março de 2025

Parcela 2

  • Valor por ação PNVL3: R$ 0,03
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 30 de abril de 2025
Continua após a publicidade

Localiza (RENT3) - JCP

  • Valor por ação RENT3: R$ 0,40
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 19 de agosto de 2024

Schulz (SHUL3; SHUL4) - JCP

  • Valor por ação SHUL3: R$ 0,10
  • Valor por ação SHUL4: R$ 0,11
  • Data com: 26 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 27 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 22 de agosto de 2024

Mills (MILS3) - JCP

  • Valor por ação MILS3: R$ 0,09
  • Data com: 27 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 28 de junho de 2024
  • Data de pagamento: 15 de julho de 2024
Continua após a publicidade

Sanepar (SAPR3; SAPR4; SAPR11)

  • Valor por ação SAPR3: R$ 0,14
  • Valor por ação SAPR4: R$ 0,15
  • Valor por ação SAPR11: R$ 0,75
  • Data com: 28 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 1 de julho de 2024
  • Data de pagamento: pendente

Banco ABC (ABCB4) - JCP

  • Valor por ação ABCB4: R$ 0,78
  • Data com: 28 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 1 de julho de 2024
  • Data de pagamento: 12 de julho de 2024

JHSF (JHSF3)

  • Valor por ação JHSF3: R$ 0,03
  • Data com: 28 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 1 de julho de 2024
  • Data de pagamento: 10 de julho de 2024
Continua após a publicidade

Itaú (ITUB3; ITUB4) - JCP

  • Valor por ação ITUB3: R$ 0,018
  • Valor por ação ITUB4: R$ 0,018
  • Data com: 28 de junho de 2024
  • Data ex (sem direito ao provento): 1 de julho de 2024
  • Data de pagamento: 1 de agosto de 2024

BBAS3: yield de até 10% apesar do risco político e agrícola

Previsibilidade e uma parcela alta do lucro destinada a proventos são as características que fazem do Banco do Brasil uma ação vencedora. O payout subiu de 40% para 45% para pelo menos até 2025, o que levou investidores a procurar as ações do banco estatal nos últimos meses, disse Rodrigo Medeiros, analista e fundador da Desmistificando Research. "Temos uma expectativa de aumento do lucro, o que deve garantir um dividendo mais robusto", destaca Medeiros, que espera um dividend yield de 9% para 2024.

O banco tem resultados fortes e consolidados, com receitas e lucros recordes. "Dentro do segmento bancário brasileiro, o Banco do Brasil deverá ser uma das melhores opções para investidores que buscam renda passiva para 2024 e 2025", pontua Milton Rabelo, analista do setor financeiro da VG Research.

Falando em previsibilidade, Medeiros lembra ainda que o banco possui um calendário com oito distribuições de proventos. Serão dividendos antecipados e complementares, para 2024 e o começo de 2025, o que reforça a regularidade do banco estatal. "Observando o histórico dos últimos dez anos, o Banco do Brasil sempre apresentou um crescimento do lucro e um payout bem previsível. Sempre foi uma boa opção para quem busca dividendos", avalia.

Continua após a publicidade

Apesar da forte valorização recente, as ações do Banco do Brasil (BBAS3) ainda estão baratas, diz Rabelo. Para ele, o DY deve ser de 10% em 2024, com preço-teto de compra de R$ 30,60.

Já entre os riscos, Rabelo cita o político. O risco seria o BB aumentar a fatia de empréstimos menos rentáveis e mais arriscados, por conta de pressões do governo. No entanto, o analista destaca que a gestão atual tem se mostrado blindada diante deste possível risco.

Com as tragédias no Rio Grande do Sul e quebras de safra no país, existe também o risco agrícola. O aumento de inadimplência no crédito agro pode prejudicar os resultados do banco. "É possível que haja impactos na carteira agrícola, mas não se espera que eles sejam muito relevantes em relação ao resultado total do banco", explica Rabelo.

PETR4: existe esperança na gestão Magda Chambriard?

Quando o investidor busca dividendos, ele procura por perenidade, e não é na Petrobras (PETR4) que ele encontrará isso. Pelo menos, há chances de receber um dividendo decente, afirma Ilan Arbetman, analista da Ativa Investimentos, que espera um DY de 12% em 2024, equivalente a R$ 5,10 por ação.

Recentemente Magda Chambriard assumiu o comando da estatal e mostrou uma postura mais "amena" com o mercado no seu primeiro discurso. Para Arbetman, Chambriard deu a entender a sua intenção de manter a política de preços de combustíveis. Já em relação aos dividendos, embora disse que "se der lucro e atender interesses de acionistas públicos e privados, vamos pagar dividendos", faltam detalhes sobre a remuneração dos acionistas.

Continua após a publicidade

A companhia possui um diferencial na exploração de águas profundas e ultra profundas, o que possibilita que haja extração com custos muito baixos. Outra vantagem seria a capacidade de gerar caixa, principalmente em um cenário em que a produção de petróleo subiu e a de refino caiu, diz Arbetman.

Os riscos ainda estariam relacionados a novas interferências do governo. "Até mesmo a troca de comando jogou contra a ação", pontua o analista.

Evite estes erros ao investir de olho em dividendos

Ignorar a "data com". O analista independente Ricardo Schweitzer diz que muitos investidores confundem o tempo que possuem as ações com o direito a receber os dividendos. A questão é que não importa se o investidor comprou a ação há três dias ou há 30 anos, se não tiver o papel na "data com" o provento vai para o novo dono. Se tiver a ação, ele receberá o dividendo.

Comprar uma ação na "data com" e vendê-la na "data ex". Investir com o intuito de caçar dividendos e vender a ação logo em seguida não é uma prática recomendada. Na verdade, o investidor está saindo no zero a zero, porque a ação perde o valor dos dividendos. "Se uma ação está negociada a R$ 10 na "data com" e distribui R$ 1 em dividendos, ela iniciará os negócios na "data ex" cotada a R$ 9. "Quem segue essa prática não gera valor algum", diz Schweitzer.

Achar que o desconto na "data ex" é prejuízo. Se o dividendo é descontado do preço da ação, será que vale a pena a estratégia? Schweitzer diz que esse desconto corresponde na verdade a uma parcela do fluxo de caixa da empresa. Em consequência, uma companhia com bons fundamentos vai continuar gerando caixa e valorizando no futuro. Além disso, os dividendos costumam representar dois terços do retorno total das ações no longo prazo.

Continua após a publicidade

Escolher uma ação apenas pelo dividendo. Os analistas recomendam olhar outros indicadores além dos pagamentos. É importante ver se a empresa consegue gerar caixa e acumular patrimônio, se precisa de novos investimentos para crescer, qual é o seu nível de endividamento e qual é o retorno que ela oferece, sobre o capital e sobre o patrimônio. Esses dados irão indicar se os dividendos são sustentáveis no longo prazo.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deixe seu comentário

Só para assinantes