Todos a Bordo

Todos a Bordo

Reportagem

Quais são os jatos executivos mais vendidos? Quanto custam?

O ano de 2023 ainda foi marcado pela retomada do setor aéreo em decorrência da pandemia de covid-19. Ainda em busca de números que superem o do período anterior a 2020, a quantidade de jatos entregues no mundo tem crescido gradualmente.

Jatos executivos

Foram ao menos 453 jatos executivos vendidos, em um negócio que ultrapassa a marca de US$ 10 bilhões. Os dados são referentes apenas às remessas feitas entre janeiro e setembro de 2023, que são aqueles já compilados pela Gama (General Aviation Manufacturers Association), associação que reúne fabricantes da aviação geral.

Veja o ranking:

Cirrus SF50 - 61 unidades

Cirrus Vision Jet SF50 G2 Plus: Modelo tem sistema de pouso automático de emergência e paraquedas para o avião
Cirrus Vision Jet SF50 G2 Plus: Modelo tem sistema de pouso automático de emergência e paraquedas para o avião Imagem: Cirrus Aircraft

No ano, o destaque foi para o Cirrus SF50. O jato comporta até sete pessoas a bordo e é capaz de pousar sozinho por meio de sistemas que usam inteligência artificial.

O modelo era vendido em 2023 pelo valor de US$ 4 milhões (R$ 19,7 milhões).

Gulfstream G500, G600, G650 e G650ER - 57 unidades

Versão de alcance estendido, Gulfstream G650ER tem autonomia para até 13.890 quilômetros
Versão de alcance estendido, Gulfstream G650ER tem autonomia para até 13.890 quilômetros Imagem: Divulgação
Continua após a publicidade

O G650ER, irmão maior e mais caro da família de jatos da Gulfstream pesquisados, é um dos modelos favoritos dos bilionários. Entre eles estão Elon Musk e Jeff Bezzos, que já possuíram o modelo.

Um avião deste novo pode ultrapassar a casa de US$ 70 milhões (R$ 344 milhões). A Gama unifica todos os modelos G500, G600, G650 e G650ER como um tipo só para a entrega, o que impossibilita saber o número exato de remessas por modelo.

Phenom 300/300E - 39 unidades

Embraer Phenom 300E
Embraer Phenom 300E Imagem: Divulgação

Também aparece no ranking o Embraer Phenom 300 (incluindo o Phenom 300E). Esse é o jato executivo leve mais vendido na categoria no mundo e o que registrou o maior número de operações nos EUA entre dezembro de 2022 e novembro de 2023, superando outras marcas norte-americanas.

O Phenom 300E tipicamente equipado era vendido por US$ 12,5 milhões (R$ 61,4 milhões) em 2023.

Continua após a publicidade

Pilatus PC-24 - 32 unidades

Aeronave Pilatus PC-24, oferecida pela Amaro Aviation em modelo de propriedade compartilhada
Aeronave Pilatus PC-24, oferecida pela Amaro Aviation em modelo de propriedade compartilhada Imagem: Divulgação/Amaro Aviation

O jato suíço é adaptado para voar em pistas sem preparo, como de grama, cascalho ou terra. Nele é possível viajarem nove pessoas mais dois pilotos, atingindo uma distância de até 3.778 km.

O preço de um PC-24 pode chegar a US$ 15 milhões (R$ 73,7 milhões), segundo a consultoria aeronáutica Guardian Jet.

Cessna Citation Latitude (CE-680A) - 28 unidades

O jato Citation Latitude pode voar de São Paulo para qualquer capital da América do Sul sem escalas e de São Paulo a Miami com apenas um pouso intermediário
O jato Citation Latitude pode voar de São Paulo para qualquer capital da América do Sul sem escalas e de São Paulo a Miami com apenas um pouso intermediário Imagem: Divulgação
Continua após a publicidade

O jato executivo Citation Latitude, da Cessna, se destacou em 2023. Ele tem capacidade para transportar até 11 pessoas a bordo (dois pilotos e mais nove passageiros).

Um exemplar era encontrado com preço de US$ 20 milhões (R$ 98,3 milhões) em 2023, segundo a consultoria aeronáutica Guardian Jet.

Aviões comerciais

Além de jatos executivos, aviões comerciais também se destacaram em 2023. Veja a quantidade e os modelos mais vendidos das principais fabricantes:

Airbus

Airbus A350, avião comercial com capacidade para 344 pessoas, custa R$ 1,7 bilhão, aproximadamente
Airbus A350, avião comercial com capacidade para 344 pessoas, custa R$ 1,7 bilhão, aproximadamente Imagem: Airbus/Divulgação
Continua após a publicidade

Até novembro de 2023, a Airbus realizou 623 entregas de aviões em todo o mundo. Elas foram divididas entre os seguintes modelos:

  • A220-100: 2 unidades
  • A220-300: 55 unidades
  • A319neo: 6 unidades
  • A320neo: 205 unidades
  • A321neo: 279 unidades
  • A330-200: 3 unidades
  • A330-900: 23 unidades
  • A350-900: 41 unidades
  • A350-1000: 9 unidades

Boeing

Avião da Boeing Business Jets
Avião da Boeing Business Jets Imagem: Divulgação/Boeing Business Jets

A Boeing entregou 461 aviões até 30 de novembro de 2023.

  • 737 Max: 343 unidades
  • 737-800A: 8 unidades
  • 747-8F: 1 unidades
  • 767-2C: 10 unidades
  • 767-300F: 15 unidades
  • 777F: 22 unidades
  • 787-10: 20 unidades
  • 787-8: 10 unidades
  • 787-9: 32 unidades
Continua após a publicidade

Embraer

E195-E2 é o maior avião comercial produzido no Brasil
E195-E2 é o maior avião comercial produzido no Brasil Imagem: Embraer

A unidade de aviação comercial da Embraer, que é separada da unidade de jatos executivos, entregou 39 aviões nos três primeiros trimestres de 2023:

  • E175: 18 unidades
  • E195-E2: 21 unidades

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes