IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Cotações


Petrobras perde 20% em 3 dias e tem menor valor desde 2004; Bolsa cai 1,8%

Do UOL, em São Paulo

30/01/2015 17h55

No terceiro dia seguido de queda, as ações da Petrobras despencaram mais de 6%, acumulando quase 20% de perda e chegando ao menor valor desde 2004.

Isso puxou a queda do Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, nesta sexta-feira (30). A Bolsa perdeu 1,79%, a 46.907,68 pontos. É a menor pontuação desde 19 de março do ano passado, quando fechou em 46.567,23 pontos.

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, tombaram 6,51%, a R$ 8,18. É o menor valor de fechamento desde o dia 16 de setembro de 2004, quando a ação valia R$ 8,15. Apenas nas últimas três sessões, esses papéis acumularam perda de 19,57%.

Os papéis ordinários (PETR3), com direito a voto, recuaram 5,08%, a R$ 8,04. É o menor valor de fechamento desde 21 de maio de 2004, quando custavam R$ 7,79. A ação teve desvalorização de 16,6% nos três últimos dias. 

Na véspera, as os papéis da Petrobras haviam caído 3%, e a Bolsa, subido 0,14%.

Com isso, a Bovespa acumulou queda de 3,83% na semana. O índice encerra o mês com desvalorização de 6,2%, mesma variação que acumula no ano. 

A agência de classificação de risco Moody's rebaixou todas as classificações de crédito da Petrobras na noite de quinta-feira (29). Segundo a agência, as investigações sobre corrupção na estatal são preocupantes. 

Dólar salta quase 3%, maior alta diária desde 2011

No mercado de câmbio, o dólar comercial teve a terceira alta seguida, com avanço de 2,96%, cotado a R$ 2,689 na venda. É a maior alta percentual diária desde 21 de setembro de 2011, quando a moeda norte-americana subiu 3,75%. É também o maior valor de fechamento desde o dia 7 deste mês, quando o dólar valia R$ 2,704 na venda. 

Na sessão anterior, o dólar havia subido 1,37%. 

Com isso, o dólar acumulou alta de 3,88% na semana. A moeda encerra o mês com ganho de 1,15%, mesma variação que acumula no ano. Até a sessão anterior, o dólar acumulava queda de 1,75% no mês. A alta de hoje fez com que a perda fosse anulada. 

Bolsas internacionais

O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta sexta-feira, mas encerrou janeiro com o maior ganho mensal em mais de três anos. O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, caiu 0,55% nesta sessão, para 1.465 pontos, mas subiu 7,05% no mês.

Em relação a cada país, a Bolsa da Inglaterra recuou 0,9%, a da Alemanha caiu 0,41%, e a da França perdeu 0,59%. O mercado de ações da Itália teve baixa de 0,44%, o da Espanha registrou perda de 0,99%, e o de Portugal recuou 1,55%. 

Na Ásia e no Pacífico, as principais Bolsas fecharam sem uma tendência definida. A Bolsa de Xangai, na China, fechou em queda de 1,55%; a de Cingapura caiu 0,81%; Taiwan perdeu 0,69%; Hong Kong recuou 0,36%. O índice sul-coreano de Seul fechou praticamente estável, com leve queda de 0,09%.

Por sua vez, a Bolsa de Tóquio, no Japão, subiu 0,39%, e Sydney, na Austrália, avançou 0,34%.

(Com Reuters) 

Entenda o que acontece na Petrobras

  • Antonio Lacerda/Efe

    O que é a operação Lava Jato?

    A operação Lava Jato, conduzida pela Polícia Federal (PF), teve início em março do ano passado, para apurar suposto esquema de corrupção na Petrobras, relativo a desvio e lavagem de dinheiro envolvendo diretores da estatal, grandes empreiteiras e políticos. O esquema pode ter desviado mais de R$ 10 bilhões.

Mais sobre Bolsa e dólar

  • UOL

    Direto da Bolsa

    Dólar e Bolsa são influenciados pelas notícias do dia. Leia os destaques de hoje aqui

  • Thinkstock

    UOL Invest

    O simulador de Bolsa UOL Invest é grátis e permite que você aprenda como investir e concorra a tablets e passagens aéreas. Acesse por computador e tablet (clique nesta mensagem) ou celular (digite ou copie: uolinvest.economia.uol.com.br)

  • Alex Almeida/Folhapress

    Consulte suas ações

    Quer saber o preço de suas ações preferidas? Consulte o UOL Cotações, veja gráficos no formato que quiser, desempenho no dia e histórico de 1 ano. Acesse por computador e tablet (clique nesta mensagem) ou celular (digite ou copie: http://uol.com/bfdNjz)

  • Shutterstock

    Histórico do dólar

    Precisa saber quanto estava custando o dólar, o euro, o peso argentino um tempo atrás? Veja o histórico do UOL Cotações de até 1 ano para as principais moedas do mundo. Acesse grátis por computador e tablet (clique nesta mensagem) ou celular (digite ou copie: http://uol.com/bwdPmd)

Mais Cotações