Bolsas

Câmbio

Dólar sobe a R$ 3,233 após 3 quedas, mas acumula baixa de 4,35% na semana

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial quebrou uma sequência de três quedas e fechou esta sexta-feira (1º) com alta de 0,61%, cotado a R$ 3,233 na venda. 

Apesar de subir no dia, a moeda norte-americana encerra a semana com desvalorização de 4,35%. Na véspera, o dólar caiu 0,73% e terminou o primeiro semestre com baixa de 18,61%. 

Atuação do BC

O dólar passou por momentos de instabilidade no início do dia, mas se firmou com alta ainda pela manhã, após entrevista do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, ao "Valor Econômico".

Goldfajn disse que foram abertas as condições internacionais e domésticas para reduzir os estoques de swaps tradicionais (equivalentes à venda futura de dólares). A declaração foi interpretada pelo mercado como um sinal de que o BC pode continuar intervindo no mercado de câmbio.

Mais cedo, o BC vendeu a oferta total de até 10 mil swaps reversos (equivalentes à compra futura de dólares). Foi a primeira ação do BC no mercado sob o comando de Goldfajn, numa operação que envolveu a compra futura de US$ 500 milhões.

Investidores, no entanto, consideraram o lote pequeno e, por isso, o dólar chegou a operar em baixa por um breve momento durante a manhã. 

Cenário externo

No exterior, investidores estavam mais otimistas. As preocupações com a opção do Reino Unido por deixar a União Europeia cederam lugar para expectativas de estímulos monetários no resto do mundo para evitar turbulências financeiras.

Os mercados norte-americanos não abrirão na segunda-feira (4) devido ao feriado do Dia da Independência.

Receba notícias do UOL Economia pelo WhatsApp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? Primeiro, adicione este número à agenda do seu telefone: +55 (11) 96492-6379 (não esqueça do "+55"). Depois, envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: grana10.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos