Bolsas

Câmbio

Dólar tem 6ª queda e fecha a R$ 3,141, de olho no Senado; no ano, caiu 20%

Do UOL, em São Paulo

O dólar comercial fechou esta terça-feira (9) em queda de 0,84%, cotado a R$ 3,141 na venda. Foi a sexta baixa seguida da moeda norte-americana.

Com isso, a queda acumulada do dólar no ano chega a 20,44%. No mês, o dólar acumula desvalorização de 3,14%.

A moeda alcançou ainda o menor valor desde 15 de julho de 2015, quando terminou o dia valendo R$ 3,136. 

Votação do impeachment

Investidores estavam de olho na votação no Senado que decidirá se a presidente afastada, Dilma Rousseff, vai a julgamento final no processo de impeachment.

A decisão pode sair ainda hoje, segundo alguns senadores. No entanto, um acordo fechado entre os parlamentares permite que a sessão seja suspensa no final da noite e retomada amanhã.

"A votação do impeachment vai ser o divisor de águas, deve trazer ainda mais fluxo [entrada de recursos] para cá", disse à agência de notícias Reuters Glauber Romano, operador da corretora Intercam.

Dívida dos Estados

O mercado também acompanhava outra decisão importante para o governo: a renegociação da dívida dos Estados junto à União. A proposta enviada pela equipe do presidente interino, Michel Temer, deve ser analisada e votada ainda hoje pela Câmara dos Deputados.

O Palácio do Planalto, no entanto, não alimenta grandes expectativas de ver a proposta aprovada nesta semana, e prevê que a grande dificuldade será o quórum --número mínimo de deputados para que o projeto seja votado.

"O foco hoje está inteiramente no Congresso Nacional. Essas votações são um termômetro da margem política do governo", disse à Reuters o operador da corretora Spinelli José Carlos Amado.

Atuação do BC

Nesta manhã, o Banco Central brasileiro vendeu novamente 10 mil swaps reversos, contratos que equivalem a compra futura de dólares.

O BC vem atuando dessa forma quase diariamente desde o mês passado. 

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos