Bolsas

Câmbio

Bovespa fecha em queda de quase 1%, com bancos, Vale e Petrobras

Do UOL, em São Paulo

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (24) em queda de 0,95%, a 61.395,53 pontos. Na véspera, a Bovespa havia fechado quase estável, com leve alta de 0,05%.

Com isso, a Bolsa acumula baixa de 5,44% no mês. No ano, porém, a alta acumulada é de 41,63%.

A queda desta quinta-feira foi influenciada, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da Petrobras, da mineradora Vale e dos bancos. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar fecha estável, a R$ 3,394

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou estável, cotado a R$ 3,394 na venda. Na véspera, havia subido 1,12%.

A moeda norte-americana acumula alta de 0,2% na semana. No mês, tem valorização de 6,39% e, no ano, tem queda de 14,03%. 

Bancos 

As ações do Banco do Brasil (BBAS3) perderam 2,67%, a R$ 27,69. Foi a maior queda do Ibovespa no dia.

As ações do Bradesco (BBDC4) caíram 0,94%, a R$ 29,50, e as ações do Itaú Unibanco (ITUB4) tiveram baixa de 1,04%, a R$ 35,10.

Vale

As ações ordinárias da Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia, se desvalorizaram 2,06%, a R$ 27,59.

As ações preferenciais da Vale (VALE5), que dão prioridade na distribuição de dividendos, registraram queda de 1,79%, a R$ 24,74.

Segundo operadores do mercado, investidores aproveitam o dia de pouco movimento devido ao feriado de Ações de Graças nos EUA para vender papéis e embolsar o lucro.

Petrobras 

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) caíram 1,35%, a R$ 17,56, e as ações preferenciais da Petrobras (PETR4) perderam 1,7%, a R$ 15,58.

Os preços do petróleo no mercado internacional terminaram o dia praticamente estáveis e investidores também aproveitaram a sessão para embolsar lucro com as ações da petroleira.

Pão de Açúcar e Via Varejo

No sentido oposto, as ações do Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) dispararam 6,03%, a R$ 57,70. Foi a maior alta do Ibovespa nesta sessão.

Na véspera, a companhia informou que seu Conselho de Administração aprovou o início do processo de venda de sua participação na Via Varejo, braço de negócio que controla as lojas Casas Bahia e Ponto Frio.

Segundo reportagem do jornal "Valor Econômico" desta quinta-feira, estariam interessados na compra a rede chilena Falabella, a brasileira Lojas Americanas e o grupo sul-africano Steinhoff International.

Com isso, as units (conjunto de ações) da Via Varejo (VVAR11) saltaram 14,29%, a R$ 9,44. Os papéis não fazem parte do Ibovespa.

Bolsas internacionais

A maioria das principais Bolsas de Valores da Europa fechou em alta:

  • Portugal: +0,39%
  • Espanha: +0,34%
  • França: +0,29%
  • Alemanha: +0,25%
  • Inglaterra: +0,17%
  • Itália: -0,19%

Das principais Bolsas da Ásia e do Pacífico, duas fecharam em alta e três, em baixa. Outras duas terminaram o dia quase estáveis:

  • Japão: +0,94%
  • Cingapura: +0,14%
  • China: +0,01%
  • Austrália: +0,01%
  • Taiwan: -0,28%
  • Hong Kong: -0,3%
  • Coreia do Sul: -0,84%

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos