Bolsas

Câmbio

Dólar tem 4º dia de queda e fecha a R$ 3,383, após STF manter Renan

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta quinta-feira (8) em queda de 0,62%, a R$ 3,383 na venda. É o quarto dia seguido de perdas. 

Com isso, o dólar acumula queda de 2,58% na semana. No mês, tem desvalorização de 0,13% e, no ano, baixa de 14,31%. 

Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 0,37%.

Renan fica

Investidores reagiram bem à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de manter Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado.

No início da noite passada, o STF decidiu, por seis votos a três, manter Renan à frente do Senado, com a ressalva de que ele fique impedido de substituir Michel Temer como presidente da República.

A preocupação do mercado era de que o afastamento de Renan pudesse atrapalhar a aprovação de medidas econômicas no Congresso, principalmente a votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que limita os gastos públicos, prevista para a próxima semana no Senado.

Após a decisão do STF de deixar Renan no cargo, a agenda de votação no Senado foi mantida.

BCE e estímulo econômico

No cenário externo, o BCE (Banco Central Europeu) anunciou que vai cortar o programa de estímulos dos atuais 80 bilhões de euros para 60 bilhões de euros por mês. A redução vai acontecer a partir de abril.

Os estímulos econômicos serão feitos até o final de 2017, ou mais, se necessário, disse o banco em um comunicado.

A decisão foi uma surpresa para os mercados, já que os investidores esperavam uma extensão de seis meses do programa, a um ritmo constante de 80 bilhões de euros por mês.

Com o movimento do BCE, deve haver menor circulação de dinheiro no mundo e, com isso, sobrará menos recursos para países como o Brasil.

Juros nos EUA

Investidores também estavam atentos à proximidade da reunião do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) na semana que vem, quando o mercado espera que o banco eleve os juros.

Juros mais altos nos EUA poderiam atrair para lá recursos atualmente investidos em outros países onde os rendimentos são maiores, como é o caso do Brasil.

Atuação do BC

O Banco Central brasileiro vendeu integralmente a oferta de 15 mil swaps cambiais tradicionais, equivalente à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em janeiro.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos