Bolsas

Câmbio

Dólar turismo é vendido por até R$ 3,65 em corretora de SP

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

  • Karen Bleier/AFP

O dólar turismo era vendido a R$ 3,65 por volta das 10h30 desta sexta-feira (19) pela corretora Multimoney, incluindo o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para dinheiro vivo. O mercado continua instável após as denúncias envolvendo o presidente Michel Temer na operação Lava Jato. Na tarde de quinta-feira (18), essa corretora vendia o dólar a R$ 3,71.

A Confidence vendia o dólar a R$ 3,57 com IOF. Na manhã de quinta-feira, a corretora chegou a oferecer a moeda norte-americana a R$ 3,93 e apenas para quem iria viajar no mesmo dia.

A cotação mais barata no horário pesquisado foi encontrada na corretora Getmoney: R$ 3,46 com IOF.

A reportagem também encontrou a moeda norte-americana vendida a R$ 3,52, nas casas de câmbio Treviso e AGK, já com imposto.

O valor sempre é maior para turistas do que o divulgado no câmbio comercial (leia mais abaixo).

UOL pesquisou a cotação entre 10h30 e 10h45 desta sexta-feira (19). Os valores são diferente dos encontrados em sites de pesquisa como o Melhor Câmbio.

OBS: Os valores variam durante o dia.

Entenda por que os valores são maiores

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial, que tem cotação menor que o dólar das casas de câmbio. O mesmo vale para o euro.

O comercial é utilizado para movimentações financeiras do governo no exterior e empréstimos de brasileiros residentes fora do país, além de ser usado por grandes empresas para a realização de importação e exportação de mercadorias.

Nas casas de câmbio, onde as pessoas comuns compram a moeda, o valor é maior. Ela é vendida para os pequenos compradores, que utilizam o dólar para viajar. O dólar turismo também é usado na conversão dos débitos realizados em moeda estrangeira no cartão de crédito, por exemplo.

Saiba como a corrupção afeta o seu bolso

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos