Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda de 1,5%, com crise política; JBS desaba mais de 30%

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Marenco/Folhapress

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta segunda-feira (22) em queda de 1,54%, a 61.673,49 pontos. Na sexta-feira (19), a Bolsa havia dado uma trégua e subido 1,69%.

JBS (JBSS3), empresa no centro das acusações contra o presidente Michel Temer, desabou mais de 30%, na maior queda percentual diária da companhia. A ação fechou em queda de 31,34%, a R$ 5,98. Com isso, a empresa perdeu cerca de R$ 7,5 bilhões em valor de mercado só neste pregão. Na sexta-feira, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu mais quatro processos para apurar denúncias de irregularidades em negócios no mercado feitas por empresas dos irmãos Joesley e Wesley Batista, incluindo a JBS.

Investidores continuavam nervosos com a cena política, depois das denúncias que atingiram em cheio o presidente Michel Temer na semana passada, e com as consequências sobre o andamento de reformas no Congresso Nacional, sobretudo a da Previdência.

Dólar fecha em alta de R$ 0,59%, a R$ 3,276

dólar comercial voltou a subir nesta segunda-feira (22) e fechou em alta de 0,59%, cotado a R$ 3,276 na venda, influenciado pela crise política. Na sexta-feira (19), a moeda norte-americana havia dado uma trégua e despencado quase 4%.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos