Dólar sobe 1% e fecha a R$ 3,24, com temores sobre reforma da Previdência

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

dólar comercial fechou esta quarta-feira (29) em alta de 0,98%, cotado a R$ 3,24 na venda, após duas quedas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,36% e atingiu o menor valor desde 20 de outubro (R$ 3,19).

Investidores estavam preocupados com a possibilidade de o governo não conseguir aprovar a reforma da Previdência. Nesta quarta, ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que o PSDB deixou a base aliada do governo. A percepção de que a legenda apoiaria a proposta vinha trazendo otimismo aos mercados até então.

Além disso, o ministro afirmou que o governo não via mais possibilidade de fazer novas concessões no atual texto da reforma. Mesmo assim, acrescentou que espera que a matéria seja votada na Câmara dos Deputados na próxima semana.

"O mercado entendeu que acabaram os recursos [do governo] para fazer algum deputado mudar de voto", afirmou o operador de uma corretora nacional à agência de notícias Reuters.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos