Bolsas

Câmbio

Ações do Facebook despencam 6,8% após notícia sobre roubo de dados

Do UOL, em São Paulo

As ações do Facebook fecharam esta segunda-feira (19) em queda de 6,8%, a US$ 172,56. Foi a maior perda da empresa desde março de 2014, quando caiu 10,8% em uma única sessão.

Nesta segunda, o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, foi convocado por parlamentares dos Estados Unidos e da Europa para explicar como uma consultoria que trabalhou para a campanha eleitoral do presidente Donald Trump obteve acesso a dados de 50 milhões de usuários da rede social.

A consultoria teria usado as informações para beneficiar o então candidato republicano Donald Trump nas eleições presidenciais dos EUA em 2016.

A queda do Facebook pesou sobre o setor de tecnologia do S&P, que caiu 2,11%, bem como o Nasdaq, que teve baixa de mais de 2%. Ambos os índices tiveram sua pior performance diária desde 8 de fevereiro.

Outras importantes empresas de tecnologia também caíram, com preocupações de que o episódio do Facebook resulte em regras mais rígidas para o setor. A Apple caiu 1,53%, enquanto a Alphabet, dona do Google, perdeu 3% e a Microsoft recuou 1,8%.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos