PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cotações

Bitcoin tem maior baixa em um mês com guerra na Ucrânia; criptomoedas caem

Do UOL, em São Paulo

24/02/2022 15h12Atualizada em 24/02/2022 16h10

Após forças russas confirmarem a invasão na Ucrânia nesta quinta-feira (24), os preços das criptomoedas despencaram. O bitcoin (BTC) caiu 9,5% nas últimas 24 horas, sendo negociado a US$ 34.584 (R$ 177.860) na madrugada de hoje —menor patamar desde 24 de janeiro, quando chegou a US$ 33.786,30 (R$ 173.120).

No momento da publicação, a retração da moeda mais famosa do mundo havia diminuído, com desvalorização de 0,51%, cotado a R$ 185.408,42 (cerca de US$ 36 mil).

Assim como é esperado diante da queda do bitcoin, outras moedas digitais tiveram o mesmo ritmo. Nesta manhã, o ethereum (ETH) caiu 12% em um dia e 31,02% em uma semana, a US$ 2.256. Já o cardano (ADA) teve uma queda ainda mais bruta: de 17% em apenas 14 horas e de 34,75% em sete dias, atingindo US$ 0,9987.

À medida que a tensão geopolítica se intensifica, maiores são os valores resgatados por investidores em criptomoedas por medo de desvalorizações. De acordo com o CoinMarketCap, desde terça-feira (22) cerca de US$ 200 bilhões (mais de R$ 1 trilhão) já foram recuperados.

Apesar de uma leve recuperação no preço das moedas digitais nesta tarde, ainda permanece um desempenho mais fraco em relação ao dia anterior.

Veja o desempenho de algumas das principais criptomoedas no momento desta publicação:

  • Bitcoin (BTC): R$ 185.408,42 (-0,51%)
  • Cardano (ADA): R$ 4,14 (-4,34%)
  • Dash (DASH): R$ 431,89 (-2,21%)
  • Ethereum (ETH): R$ 12.689,38 (-1,56%)
  • Litecoin (LTC): R$ 501,68 (-4,85%)
  • Tezos (XTZ): R$ 14,38 (-2,11%)
  • XRP (XRP): R$ 3,38 (-2,77%)

Mercado de ações em queda

As Bolsas de Valores em todo o mundo também abriram em baixa, enquanto os preços do dólar, do ouro e do barril de petróleo dispararam. Confira mais detalhes aqui.

Cotações