PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Empreendedorismo

Ganhou franquia do pai aos 18 e quebrou, mas hoje fatura R$ 6 milhões

Alexandre Quintanilha é dono de nove franquias da Euro Colchões, entre os estados de Rio e São Paulo - Divulgação
Alexandre Quintanilha é dono de nove franquias da Euro Colchões, entre os estados de Rio e São Paulo Imagem: Divulgação

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/06/2021 04h00

Quando ganhou do pai uma franquia de uma rede de colchões em 1994, Alexandre Quintanilha, então com 18 anos, não imaginava que sete anos depois estaria atolado em dívida com as quatro lojas sob o seu comando (a primeira e mais três unidades que comprou depois), todas em São Gonçalo (RJ).

Ele quebrou, virou vendedor de uma loja que havia sido sua, mudou-se para uma rede concorrente (Euro Colchões) e, um tempo depois, passou a gerente. Hoje, Quintanilha é dono de nove franquias da Euro Colchões. Faturou R$ 6 milhões em 2020.

"Por falta de estrutura daquela rede com os franqueados e de má gestão do negócio da minha parte, me atolei em dívidas. Fui praticamente obrigado a devolver em 2001 as quatro franquias que tinha, para que minha dívida não aumentasse", disse.

Para quitar a dívida de R$ 60 mil, Quintanilha teve que vender um carro e ainda pegar dinheiro emprestado da família.

Em 2002, ele voltou ao mercado de colchões para trabalhar numa loja que havia sido dele, mas desta vez para ser vendedor. Ele trabalhou ali até 2013, quando saiu para uma rede concorrente: a Euro Colchões.

De vendedor a dono de franquias

Na Euro Colchões, Quintanilha começou como vendedor em 2013; um ano e meio depois, virou gerente de duas lojas, cargo em que permaneceu até 2017. Depois disso, ele viu a possibilidade de se tornar um franqueado da rede.

Com a experiência adquirida como vendedor por mais de 12 anos e como gerente, por mais três anos, e vendo os meus resultados na empresa, vi que podia fazer ter meu próprio negócio novamente.
Alexandre Quintanilha

Ele investiu R$ 90 mil na franquia em São Gonçalo, em 2017. Segundo ele, a franqueadora financiou 40% do investimento, que foi pago em 20 parcelas. O restante veio da rescisão de trabalho e do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Hoje, Quintanilha tem nove franquias da Euro Colchões, nos estados do Rio e de São Paulo. No ano passado, ele faturou R$ 6 milhões, com lucro de 15%.

A meta deste ano é abrir mais uma franquia e chegar a R$ 14 milhões no faturamento.

Sempre buscar inovação no negócio

Larissa Miyazaki Moreira, gestora de projetos e negócios do Sebrae-SP, diz que Quintanilha demonstrou três características empreendedoras para ter tido sucesso em seu negócio: coragem, resiliência e persistência. "Tudo isso aliado à gestão de suas emoções em seus negócios, por tudo que já tinha vivido", disse.

Para ela, o fato de Quintanilha não ter mudado de ramo, persistindo no segmento de colchões, mostra que "fazer o que gosta aliado à experiência que ele tem no ramo", trouxe benefícios ao seu negócio atual.

Larissa diz, no entanto, que o empreendedor deve ficar atento às constantes mudanças no mercado e no perfil do consumidor para sempre buscar inovações —diferentes canais de vendas, novas tecnologias, produtos mais sustentáveis.

Outro cuidado apontado por ela refere-se ao planejamento anual do negócio. "Recomenda-se que o plano de negócios seja feito a cada três meses, e a checagem dos objetivos, mensalmente. Isso faz com que o empreendedor consiga corrigir imediatamente eventuais problemas, como queda nas vendas de uma loja naquele mês."

Onde encontrar:

Euro Colchões: https://www.eurocolchoes.com

PUBLICIDADE

Empreendedorismo