ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

A poucas horas do fim do prazo, faltam 1 milhão de declarações do IR 2018

Do UOL, em São Paulo

30/04/2018 10h40Atualizada em 30/04/2018 17h32

Faltando algumas horas para o prazo final, cerca de 1 milhão de contribuintes ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda 2018. O balanço foi divulgado pela Receita Federal, com base no sistema que processa o IR.

Foram recebidas 27.797.788 declarações até as 17h desta segunda-feira (30). A Receita espera receber 28,8 milhões de declarações. 

O período de entrega do IR 2018 termina as 23h59 (horário de Brasília) desta segunda-feira.

Entre outras situações, quem ganhou mais de R$ 28.559,70 em 2017 é obrigado a fazer a declaração. Baixe o programa da declaração aqui.

Leia também:

Os contribuintes que não entregarem dentro do prazo terão de pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido.

Neste ano, é obrigatório informar o CPF de dependentes a partir de 8 anos de idade, completados até a data de 31 de dezembro de 2017.

Confira quem é obrigado a declarar o Imposto de Renda (atenção: basta estar em uma situação, não em todas):

  • Recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano (salário, aposentadoria ou aluguéis, por exemplo); ou
  • Ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (como indenização trabalhista ou rendimento de poupança); ou
  • Teve ganho com a venda de bens (casa, por exemplo); ou
  • Comprou ou vendeu ações na Bolsa; ou
  • Recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano-calendário de 2017 ou nos próximos anos; ou
  • Era dono de bens de mais de R$ 300 mil; ou
  • Passou a morar no Brasil em qualquer mês de 2017 e ficou aqui até 31 de dezembro; ou
  • Vendeu um imóvel e comprou outro num prazo de 180 dias, usando a isenção de IR no momento da venda.

IR 2018: que cursos você pode deduzir do seu Imposto de Renda?

UOL Notícias

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia