IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Imposto de Renda 2023: como declarar saque do FGTS

Di Vasca
Imagem: Di Vasca

Diana Ribeiro

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/03/2023 18h43Atualizada em 27/03/2023 13h57

Ter recebido o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) no ano passado, por si só, não te obriga a declarar o Imposto de Renda 2023. No entanto, quem precisa fazer a declaração e sacou o dinheiro do fundo de garantia deve informar o valor na ficha de rendimentos.

A exigência vale para quem fez o saque-aniversário, retirou recursos do FGTS para compra de imóvel, fez o saque após demissão ou por qualquer outro motivo que permita a retirada do dinheiro.

Como declarar saques do FGTS no IRPF 2023

Os valores sacados do FGTS são isentos da cobrança de imposto, mas devem ser informado na ficha "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis", seguindo o passo a passo:

  • Localize a ficha no menu esquerdo do programa de preenchimento da declaração do IR 2023.
  • Em seguida, clique em "Novo".
  • Na nova janela, escolha o "Tipo do Rendimento" pelo código 04 (Indenizações por rescisão de contrato de trabalho, inclusive a título de PDV, e por acidente de trabalho; e FGTS).
  • Depois, escolha o "beneficiário", que pode ser o "titular", se a conta do FGTS for sua, ou "dependente", se o saque foi feito do FGTS de um de seus dependentes.
  • Informe o CNPJ e o nome da fonte pagadora. No caso do FGTS, a fonte é a Caixa Econômica Federal (CNPJ 00.360.305/0001-04).
  • Informe o valor total do saque em 2022.
  • Conclua o preenchimento da ficha clicando em "OK".

O Imposto de Renda é uma declaração que deve ser realizada por pessoas e empresas à Receita Federal anualmente. No documento, devem ser relatados todos os rendimentos ganhos ao longo daquele período. Por meio da declaração, o governo analisa quais tributos já foram pagos pelo contribuinte e se o declarante deve receber restituição ou pagar algum valor de acordo com a tabela preestabelecida. Veja abaixo todas as notícias e informações sobre o Imposto de Renda 2024.