IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Quem ganha até R$ 2.640 vai deixar de pagar IR a partir de maio; entenda

Faixa de isenção vai subir de R$ 1.903,98 para R$ 2.112 com dedução adicional de R$ 528 - Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Faixa de isenção vai subir de R$ 1.903,98 para R$ 2.112 com dedução adicional de R$ 528 Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

25/03/2023 04h00

Quem recebe até R$ 2.640 não vai mais pagar Imposto de Renda a partir de maio de 2023. O valor corresponde a dois salários mínimos considerando o mínimo de R$ 1.320 prometido pelo governo.

O que vai mudar

  • A faixa de isenção vai subir de R$ 1903,98 para R$ 2.112. O governo também criou uma dedução simplificada de R$ 528 e, com isso, quem recebe até R$ 2.640 ficará isento.
  • O desconto simplificado é opcional e vai valer mais a pena para os trabalhadores que ganham menos.
  • Quem ganha até R$ 2.640 não pagará Imposto de Renda nem na fonte (contracheque) nem na declaração de ajuste anual. Os trabalhadores que ganham mais do que isso vão pagar apenas sobre o valor excedente.
  • O governo ainda precisa publicar uma medida provisória oficializando a atualização do teto de isenção. A nova tabela só valerá para declaração do Imposto de Renda de 2024.
  • Durante o UOL Entrevista em 1º de março, Haddad anunciou que o governo pretende taxar os jogos eletrônicos. Isso serviria para compensar perda de arrecadação com o aumento do teto de isenção do Imposto de Renda.

Isenção foi anunciada, mas ainda não está valendo

  • Lula disse que a medida começa a valer em 1º de maio, mas ainda não houve a regulamentação oficial.
  • A medida provisória começa a valer a partir do momento de sua publicação. Ela precisa ser aprovada pelo Congresso em até 120 dias para virar lei ou perde seu efeito.
  • Segundo a Receita Federal, os brasileiros irão sentir o benefício imediatamente no bolso. "Não haverá nenhuma retenção na fonte para essa faixa de renda. Ou seja, não terão que esperar a declaração no ano seguinte para pedir a restituição do que foi retido", informou a Receita em nota ao UOL.
  • A nova tabela não muda nada para a declaração do Imposto de Renda deste ano. A declaração é relativa aos ganhos de 2022 e, por isso, qualquer mudança em 2023 só terá efeito na declaração de 2024, de acordo com Cleiton Felipe, diretor da área de impostos da BDO.
  • O governo federal ainda não publicou ou projetou as faixas de cobrança de Imposto de Renda da nova tabela.

Apesar da ampliação da faixa de isenção, os cenários podem se alterar conforme as deduções legais ou o desconto simplificado que está sendo proposto pelo governo.
Daniel de Paula, especialista tributário da IOB

Como ficam as próximas faixas

  • O governo federal anunciou apenas o novo valor para a faixa de isenção. Ainda não se sabe se haverá uma atualização no restante da tabela.
  • Para quem ganha R$ 10 mil, por exemplo, o desconto de R$ 528 não vai valer a pena. A Receita diz que as deduções atuais (com educação e saúde, por exemplo) para quem recebe este valor são maiores do que os R$ 528.

O Imposto de Renda é uma declaração que deve ser realizada por pessoas e empresas à Receita Federal anualmente. No documento, devem ser relatados todos os rendimentos ganhos ao longo daquele período. Por meio da declaração, o governo analisa quais tributos já foram pagos pelo contribuinte e se o declarante deve receber restituição ou pagar algum valor de acordo com a tabela pré-estabelecida. Veja abaixo todas as notícias e informações sobre o Imposto de Renda 2023.