PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ao vivo: veja os fatos que importam antes de fazer seus investimentos hoje

Conteúdo exclusivo para assinantes
PagBank Investimentos

Espaço onde profissionais da área de Research do Pagbank Investimentos compartilham perspectivas sobre o potencial do mercado financeiro, cenário econômico, tecem comentários sobre o mercado de ações e setores da economia, sempre de maneira leve e sem economês. Aqui, a macroeconomia, tesouro direto, análise fundamentalista e técnica são desmistificadas, trazendo informações para os investidores tomarem suas decisões baseados em conteúdos de qualidade e acessíveis a todos.

11/02/2022 09h15

Assista ao vivo os destaques dos mercados hoje, com análises dos especialistas do PagBank Investimentos, e se prepare para investir melhor.

Acompanhe diariamente, de segunda a sexta, às 9h30, fique bem informado sobre todas as notícias e mudanças que impactam os mercados e tire suas dúvidas sobre investimentos. O programa é apresentado por Marcio Lorega, gerente de Research e Economia, e Rodrigo Paz, analista gráfico sênior, ambos do PagBank.

Os destaques do dia são:

As bolsas internacionais sinalizam um dia de cautela em meio às preocupações com a inflação, o que fez aumentar as apostas de um Federal Reserve mais agressivo, elevando as projeções de mercado para uma alta nos juros de 0,50 pontos percentuais em março. O aumento da aversão ao risco se deve após o índice de inflação ao consumidor (CPI) nos EUA vir maior que o esperado.

As bolsas Europeias apresentam baixas, deixando até em segundo plano a divulgação do PIB do Reino Unido que cresceu 1% no quarto trimestre, mantendo a preocupação com a inflação americana.

Petróleo segue em alta, acima dos US$ 91 o barril, depois que a agência internacional de energia comentou que a oferta mais baixa da Opep (já que manteve a previsão de alta na demanda) poderá elevar o preço do petróleo.

Por aqui, o fluxo estrangeiro continua forte na B3, blindado o investimento em ações dos desafios de uma Selic que pode ficar acima de 12%. Hoje, as atenções se voltam para a participação do presidente do Banco Central, Campos Neto em evento aberto podendo comentar sobre os próximos passos da política monetária. Os investidores também devem repercutir a divulgação do IBC-Br de dezembro e aos resultados corporativos.

PUBLICIDADE

As opiniões emitidas neste texto são de responsabilidade exclusiva da equipe de Research do PagBank e elaboradas por analistas certificados. O PagBank PagSeguro e a Redação do UOL não têm nenhuma responsabilidade por tais opiniões. A única intenção é fornecer informações sobre o mercado e produtos financeiros, baseadas em dados de conhecimento público, conforme fontes devidamente indicadas, de modo que não representam nenhum compromisso e/ou recomendação de negócios por parte do UOL. As informações fornecidas por terceiros e/ou profissionais convidados não expressam a opinião do UOL, nem de quaisquer empresas de seu grupo, não se responsabilizando o UOL pela sua veracidade ou exatidão. Os produtos de investimentos mencionados neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão preencher o questionário de suitability para a identificação do seu perfil de investidor e da compatibilidade do produto de investimento escolhido. As informações aqui veiculadas não devem ser consideradas como a única fonte para o processo decisório do investidor, sendo recomendável que este busque orientação independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e podem impactar os portfolios de investimento, causando perdas aos investidores. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Este conteúdo não deve ser reproduzido no todo ou em parte, redistribuído ou transmitido para qualquer outra pessoa sem o consentimento prévio do UOL.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL