IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Herança, aposentadoria, divórcio: o que fazer se dinheiro afeta a família?

Família monta orçamento doméstico: entenda como o dinheiro afeta as relações - kate_sept2004/iStock
Família monta orçamento doméstico: entenda como o dinheiro afeta as relações Imagem: kate_sept2004/iStock

Letícia Braga de Andrade

16/09/2022 04h00

O ditado popular diz que "família é tudo igual, só muda o nome". Seja na abundância ou na escassez, a forma como pensamos e lidamos com o dinheiro em alguma medida molda as relações.

Famílias que se separam por disputa de herança ou estreitam laços na hora da necessidade; decisões sobre casamento ou divórcio; planejamento da maternidade e educação dos filhos; preocupações em relação à construção de um futuro mais tranquilo... ao longo de todas essas fases da vida o dinheiro desempenha um importante papel.

Contudo, questões familiares sobre hereditariedade e repetição de padrões comportamentais se por um lado trazem um relativo saudosismo ("não poderia ser mais parecido com o avô"), por outro podem estabelecer conexões que limitam o desenvolvimento do ser humano ("consumista igual à mãe").

Quando esse contexto é trazido para o âmbito financeiro a dificuldade fica maior, pois falar sobre dinheiro ainda é um tabu. Você já precisou emprestar ou pedir emprestado algum dinheiro para alguém da família? Isso fez alguma diferença na relação entre vocês? Vocês conversam abertamente sobre o assunto?

Não é raro encontrar padrões comportamentais de gerações anteriores moldando nossos comportamentos sem que a gente perceba. O fato é que carregamos inconscientemente algumas "programações" mentais. Entender e identificar tais programações explicam muito sobre o papel do dinheiro nas relações familiares.

Dinheiro no relacionamento conjugal

Quando se trata do relacionamento conjugal, há estudos científicos que destacam a crise financeira entre os principais motivos do divórcio. Daí a importância de o casal conseguir conversar sobre dinheiro trazendo transparência e maturidade para a relação.

Confiança e franqueza ao discutir objetivos, definir responsabilidades, falar sobre eventuais descontroles financeiros e programar gastos são o caminho para blindar a relação.

Então, combinem a participação de cada um nas contas e estabeleçam uma renda do casal que respeite as individualidades e permita algum grau de liberdade para gastos pessoais individuais.

Dinheiro no relacionamento entre pais e filhos menores

Quem tem filhos pequenos sabe que isso muda a dinâmica financeira e provavelmente já precisou esticar o orçamento. O que demonstra como não é bem verdade a frase onde comem dois, comem três. Mais do que restrições de horários, um filho interfere na relação do casal e aumenta significativamente os compromissos financeiros.

Quando o assunto é educação financeira dos filhos, nos momentos de birra e comportamentos consumistas geralmente se ouve a frase "Esse teu filho...", como se o filho fosse de um só. A forma como os pais entendem e lidam com o dinheiro fará toda a diferença na vida desse filho.

Se os pais simplesmente realizam os desejos dos seus filhos sem explicar-lhes o motivo pelo qual merecem aquilo, eles podem entender que sua simples existência é merecedora. Neste caso, o registro inconsciente no filho é de que o dinheiro se ganha, quando o fato é de que o dinheiro se conquista.

Cuidado para que o dinheiro não assuma um papel de dependência dos seus filhos com relação à você, pois a tendência é que isso se perpetue.

Dinheiro no relacionamento entre pais e filhos adultos

Em qualquer idade, por vezes precisamos de algum apoio para reorganizar nossa rotina, seja nas atividades do dia a dia ou mesmo financeiramente. Você já precisou da ajuda dos seus pais? E eles já precisaram do seu apoio?

Nossa rotina está cada vez mais conturbada e as novidades tecnológicas alimentam isso. É normal algum nível de interdependência entre filhos adultos e pais, mas é preciso prestar atenção quando essa interdependência se torna recorrente.

Do lado dos filhos, é preciso trazer luz aos padrões comportamentais familiares e entender o quão saudáveis são eles. Do lado dos pais, compreender que é função dos filhos quebrar alguns tabus acalma o coração.

Dinheiro para o futuro

Depois de percorrida toda essa linha do tempo, como você se preparou para o futuro?

Quando a gente pensa em futuro vem à mente o equilíbrio entre corpo, mente e espírito. Mas a grande maioria das pessoas deixa de fora o âmbito financeiro. Mas pergunto: teria como atingir tal equilíbrio sem ter algum dinheiro guardado ou contando apenas com a aposentadoria? No Brasil, em especial, já é consenso que não dá para esperar pelo governo, então a solução seria trabalhar eternamente, depender de algum parente ou... se preparar para esse futuro.

Seja qual for a sua escolha, meu desejo é que ela seja, de fato, uma escolha e não simplesmente a consequência dos seus atos. O crochê na poltrona, o jogo de dama na praça, viagens internacionais ou o início de nova carreira... o seu futuro é seu e o dinheiro é apenas o instrumento que representa as relações que você construiu ao longo da vida.

Se você quiser saber mais sobre esse tema, recomendo assistir à segunda temporada da série Dinheiro sem tabu, que será lançada na próxima segunda-feira, dia 19 de setembro, no canal do YouTube PagBank Investimentos.

O UOL Economia é de propriedade do Universo Online S.A., sociedade que controla as empresas do Grupo UOL. O Grupo UOL tem em sua composição empresas que exercem atividades reguladas no setor financeiro. Apesar de o Grupo UOL estar sob controle comum, os executivos responsáveis pelo Banco Seguro S.A. são totalmente independentes e as notícias, matérias e opiniões veiculadas no portal tem como único objetivo fornecer ao público elementos a título educacional e informativo sobre o mercado e produtos financeiros, sendo baseadas em dados de conhecimento público na data de sua divulgação, conforme fontes devidamente indicadas, e condições mercadológicas externas ao Grupo UOL que podem ser alteradas a qualquer momento, mas sem constituir qualquer tipo de relatório de análise, recomendação, oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto.

Especialistas em finanças ajudam você a poupar e a escapar de erros comuns para quem quer construir um patrimônio. Tenha informações que auxiliam você a tomar decisões sobre investimentos e aproveite melhor as oportunidades disponíveis no mercado