Só para assinantesAssine UOL

Petrobras (PETR4), Taesa (TAEE11) e Americanas (AMER3) aquecem o mercado nesta quarta-feira; veja mais destaques 

A informação de que a Petrobras (PETR4) não renovará a licença de marcas com a Vibra (VBBR3) é um dos destaques desta quarta-feira (10). 

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Taesa (TAEE11), após a companhia obter licença ambiental para iniciar as obras do projeto Tangará.

A Americanas (AMER3) é outra empresa no radar hoje, depois da notícia de que seu acordo de recuperação judicial tira o BV da lista de acionistas.

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Petrobras 

A Petrobras (PETR4) informou que notificou a Vibra Energia (VBBR3) que não tem interesse em prorrogar o prazo de vigência nos termos do atual contrato de licença de uso de marcas da companhia.

O acordo teve início em 28 de junho de 2019 e se encerrará em 28 de junho de 2029. O referido contrato seguirá vigente, sujeito aos termos e condições contratuais, informou a Petrobras.

Taesa

A Taesa (TAEE11) anunciou que obteve a licença ambiental pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) do Maranhão para operar a subestação Encruzo Novo, pertencente ao projeto de concessão de Tangará.

Continua após a publicidade

Além disso, a empresa elétrica disse que recebeu duas licenças prévias pertencentes ao projeto Tangará, uma do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a linha de transmissão Açailândia-Dom Eliseu II de 230 quilovolt (kV), e outra do próprio Sema, da linha Encruzo Novo - Santa Luzia III.

"A obtenção da LP (licença prévia) é um importante marco para o projeto, pois atesta a viabilidade socioambiental do empreendimento", explicou a companhia, em comunicado enviado ao mercado.

Americanas 

A base acionária da Americanas (AMER3), em recuperação judicial, não terá todos os bancos credores após a capitalização de R$ 24 bilhões que a varejista deve receber. Segundo coluna do Estadão/Broadcast, o BV (ex-Votorantim), está fora da lista.

De acordo com a publicação, o BV não precisará converter dívidas em ações, porque terá reconhecida pela rede uma compensação de créditos que realizou em janeiro do ano passado. 

Light 

O conselho administrativo da Light (LIGT3) elegeu Alexandre Ferreira Nogueira como Diretor de Relações com Investidores interino da companhia. 

Continua após a publicidade

Marcopolo 

A Marcopolo (POMO4) anunciou que a  BlackRock reduziu sua participação na companhia, passando a deter 29,72 milhões de ações preferenciais, o que representa aproximadamente 4,91% do total de ações preferenciais emitidas pela Marcopolo.

Banco Pan

O Banco Pan (BPAN4) informou que o BTG Pactual WM Gestão de Recursos passou a deter 32.766.056 ações preferenciais do banco, representando aproximadamente 5,36% do total das ações preferenciais da companhia.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Petrobras (PETR4), que deve estar no foco dos investidores hoje.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora