Bolsas

Câmbio

Grandes bancos multados em US$ 6 bilhões por manipulação de taxas de câmbio

Nova York, 20 Mai 2015 (AFP) - Autoridades americanas e britânicas anunciaram nesta quarta-feira uma nova multa de quase US$ 6 bilhões a seis bancos que manipularam taxas de câmbio entre 2007 e 2013.

Os bancos americanos Citigroup e JPMorgan e os britânicos Barclays e Royal Bank of Scotland (RBS) se declararam culpados neste novo escândalo financeiro, segundo um comunicado do Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ).

Além da punição financeira, o banco suíço UBS perdeu a imunidade que o protegia de eventuais processos penais, enquanto o Bank of America pagará apenas o valor solicitado pelas autoridades para indenizar os clientes prejudicados.

As autoridades acusam os bancos citados de terem utilizado fóruns de discussão na internet e serviços de SMS de forma ilegal com o objetivo de influenciar uma taxa de referência no mercado cambial.

O indicador afetado foi a taxa entre o euro e o dólar, segundo as autoridades, que mencionam um fórum de discussão batizado de "cartel" e que reunia operadores na Bolsa do Citigroup, JPMorgan, UBS, Barclays e RBS.

A maior multa será paga pelo Barclays, US$ 2,4 bilhões.

"Para dizer de maneira simples, os funcionários do Barclays ajudaram a manipular o mercado cambial", afirmou Benjamin Lawsky, diretor do Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos