Bolsas

Câmbio

Receitas petrolíferas da Venezuela caíram 40,7% em 2015

Caracas, 3 Jul 2016 (AFP) - As receitas petrolíferas da Venezuela caíram 40,7% no ano passado devido à diminuição dos preços do petróleo nos mercados internacionais, informou neste domingo a estatal Petróleos de Venezuela (Pdvsa) em seu balanço anual.

A Pdvsa, a quinta companhia petrolífera do mundo, recebeu 72,169 bilhões de dólares em receitas no ano passado, enquanto em 2014 este valor chegou a 121,895 bilhões, segundo o relatório.

"O preço médio da cesta venezuelana de petróleo se localizou em 44,65 dólares o barril, afetado principalmente pela queda mantida durante os anos de 2014 e 2015", afirma o documento.

No primeiro semestre deste ano o valor do petróleo venezuelano intensificou sua queda, com uma média de 31,15 dólares por barril, indicou o ministério do Petróleo e Mineração em seu relatório semanal na última sexta-feira.

"Em 2014 o preço médio foi de 88 dólares. É óbvio que reduzimos os lucros", indicou neste domingo Eulogio del Pino, presidente da Pdvsa e ministro da Energia, em uma entrevista transmitida pela rede de televisão privada Televen.

O lucro líquido da Pdvsa do ano passado retrocedeu 19% e se localizou em 7,345 bilhões de dólares, segundo o relatório.

Com as maiores reservas de petróleo e gás do planeta, a Venezuela obtém 96% de suas divisas das exportações de hidrocarbonetos, razão pela qual a queda do petróleo atinge fortemente sua economia.

Isso agravou uma crise que se reflete na escassez de 80% de alimentos e remédios, e em uma inflação de 180,9% em 2015, projetada para 2016 em 720% pelo FMI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos