Bolsas

Câmbio

Gripe aviária no sudoeste da França, duro golpe para produtores de foie gras

Paris, 2 dez 2016 (AFP) - Um foco de gripe aviária H5N8 foi detectado em uma criação de patos no sudoeste da França, meca da produção de foie gras, o que significa que o país não poderá exportar fora da Europa este alimento popular durante as festas de fim de ano.

Este vírus, inofensivo para os humanos mas altamente patogênico para as aves, foi descoberto na localidade de Tarn Almayrac, anunciou nesta sexta-feira o ministério da Agricultura.

Sua presença em uma granja "não permitirá que a França recupere em 3 dezembro, como estava previsto, o status de 'livre da gripe aviária'", informou o ministério em um comunicado.

O status é essencial para exportar aves de curral e foie gras fora da União Europeia, sobretudo para o Japão, o maior importador do mundo do alimento.

A França, maior produtor mundial de foie gras, perdeu o status de 'zona livre de gripe aviária' após um foco detectado no fim de 2015 e esperava recuperá-lo no fim de semana.

A epidemia provocou perdas de 25% no setor e um aumento estrutural dos preços.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos