Bolsas

Câmbio

McDonald's vende operações na China a Carlyle e Citic por US$ 2,08 bilhões

Pequim, 9 Jan 2017 (AFP) - O gigante do fast-food McDonald's, abalado por uma feroz concorrência, venderá 80% de suas operações na China continental e em Hong Kong ao grupo Citic e ao fundo americano Carlyle Group, por 2,08 bilhões de dólares, anunciaram as empresas nesta segunda-feira.

A transação, que será realizada em dinheiro e em ações, dará origem a uma sociedade que administrará a franquia chinesa, controlada por Citic com 52% dos ativos, à frente do Carlyle, com 28%, e do McDonald's, com 20%.

A nova administradora estará a cargo da rede de fast-food pelos próximos 20 anos, anunciaram as três empresas em um comunicado conjunto.

O McDonald's já havia anunciado no ano passado suas intenções de vender cerca de 2.000 estabelecimentos na China, depois que as tensões entre Pequim e Washington pelo mar da China meridional afetaram suas atividades.

Seus negócios já haviam sofrido um forte impacto em 2014 quando o restaurante foi envolvido em um escândalo que afetava um de seus fornecedores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos