Bolsas

Câmbio

Proprietária da Lucky Strike pagará US$ 49,4 bilhões pelo controle da Camel

Londres, 17 Jan 2017 (AFP) - A empresa de tabaco proprietária da Lucky Strike controlará a Camel e outras grandes marcas por quase 50 bilhões de dólares, buscando se tornar a líder nos Estados Unidos e no mercado de cigarro eletrônico, informaram nesta terça-feira (17) as duas empresas.

A gigante British American Tobacco (BAT) - proprietária de marcas como Dunhill, Lucky Strike, Kent e Rothmans - comprará por US$ 49,4 bilhões 57,8% do capital que ainda não possui na Reynolds American, fabricante da Camel e Newport.

Os conselhos administrativos dos dois grupos aprovaram a operação. Uma parte será feita em efetivo e outra através da troca de ações, anunciou a BAT em um comunicado nesta terça-feira.

Para cada um dos títulos da Reynolds, os acionistas do grupo receberão US$ 29,44 em papel moeda e US$ 0,5620 em ações da BAT. No fim, a operação gerará 24,4 bilhões de dólares em dinheiro físico e 25 bilhões em ações.

Esse somatório supõe uma melhora de 26% em relação à cotização da ação da Reynolds em 20 de outubro, na véspera da BAT anunciar que havia apresentado uma oferta amigável de compra para a empresa, da qual já possuía 42,2% do capital.

Os dois sócios esperam concluir a transação durante no terceiro trimestre de 2017. Antes, deverão receber a confirmação dos acionistas dos dois grupos e das autoridades reguladoras nos Estados Unidos e no Japão.

Se a transação for realizada, a operação será a mais importante consolidação no setor desde a compra pela Reynolds de sua concorrente de mercado Lorillard, no ano passado, por 27 bilhões de dólares.

A BAT se tornará a primeira empresa de tabaco valorizada no mundo por investimentos e lucros operacionais. Em número de cigarros vendidos, conquistaria a terceira posição no mundo, atrás da estatal China National Tobacco Corporation (CNTC) e da Philip Morris International, que vende o Marlboro fora dos Estados Unidos, assim como a L&M e a Chesterfield.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabaco mata a cada ano cerca de seis milhões de pessoas, e a metade dos fumantes acaba morrendo por conta disso.

Para a BAT, o objetivo é se consolidar nos Estados Unidos. Com suas marcas históricas Camel e Pall Mall, a Reynolds ocupa a segunda posição no mercado americano, atrás da Altria, que comercializa o famoso Marlboro.

Apesar de algumas dificuldades, o mercado dos Estados Unidos é o segundo mais importante no mundo, atrás do chinês.

O grupo britânico também afirmou que será um dos líderes no setor de cigarro eletrônico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos