Bolsas

Câmbio

Wall Street inicia era Trump com leve alta

Nova York, 20 Jan 2017 (AFP) - Wall Street terminou com leve alta, nesta sexta-feira (20), sua primeira sessão com Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

"O mercado não esteve muito entusiasmado com isso. Talvez tenha tido um tom negativo mais do que positivo", disse o analista JJ Kinahan, da TD Ameritrade.

O índice industrial Dow Jones ganhou 0,48%, situando-se nos 19.827,25 pontos, o Nasdaq avançou 0,28%, nas 5.555,33 unidades, e o S&P 500 subiu 0,34%, nas 2.271,31 unidades.

A Bolsa teve uma sequência de altas após a vitória do líder republicano, em 8 de novembro, com os investidores apostando em que Trump cumprirá sua promessa de baixar impostos para as empresas e estimular o desenvolvimento da economia com investimentos em infraestrutura.

Em seu discurso de posse, Trump prometeu obras públicas, como pontes e estradas, além do estímulo à criação de empregos - dois conceitos que soam como música para os ouvidos dos investidores.

Ao mesmo tempo, o novo presidente ratificou suas ideias contrárias ao livre-comércio, o que tanto preocupa economistas de todo o mundo.

Imediatamente depois, a Casa Branca anunciou que Trump dará passos formais para exigir a renegociação da Área de Livre-Comércio da América do Norte, com México e Canadá, e que, sem benefícios para os Estados Unidos, irá deixá-la.

O mercado de títulos se estancou. Às 19h20 (horário de Brasília), o rendimento dos bônus era de 2,464% contra 2,467% de quinta-feira. O dos bônus para 30 anos estava em 2,047%, contra os 3,041% da véspera.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos