Bolsas

Câmbio

TOPSHOTS EUA: furacões prejudicam economia a curto prazo, diz membro do Fed

Washington, 25 Set 2017 (AFP) - O impacto dos três furacões que atingiram os Estados Unidos nas últimas semanas complica os prognósticos de curto prazo, mas a economia se mantém em crescimento, disse nesta segunda-feira um membro da Reserva Federal (Fed).

Isso significa que a instituição pode continuar com sua política gradual de aumento das taxas de juros, disse William Dudley, presidente do Fed de Nova York.

Na quarta-feira, o Fed decidiu manter as taxas atuais, mas com o propósito de voltar a aumentá-las em dezembro pela terceira vez no ano.

Os furacões Harvey, Irma e Maria causaram "danos incalculáveis", mas o impacto geral desses estragos na economia dos Estados Unidos provavelmente será só no curto prazo, disse o Fed na quarta-feira.

Dudley disse que além desses danos "a economia dos Estados unidos mantém uma trajetória acima da sua tendência de crescimento".

"Os desastres naturais tendem inicialmente a deprimir a atividade econômica, mas uma vez que os esforços de reconstrução são postos em prática, esses desastres servem para elevar a atividade", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos