Bolsas

Câmbio

Produção industrial chinesa acelera

Pequim, 15 Mai 2018 (AFP) - A produção industrial chinesa cresceu em abril muito acima do previsto, enquanto o consumo interno baixou, em um panorama de contrastes na conjuntura do gigante asiático, lastrado no endurecimento do crédito e sob a ameaça de uma guerra comercial com os Estados Unidos.

A produção industrial da segunda economia do planeta avançou 7% em ritmo anual em abril passado, superando os 6% de março, informou nesta terça-feira o Bureau Nacional de Estatísticas (BNS).

Os especialistas apostavam em um crescimento anual de 6,4% em abril, segundo levantamento da agência Bloomberg.

A solidez do setor industrial chinês está reforçada por uma demanda internacional forte, como ilustra o crescimento de 13% na exportações no mês passado.

Mas a possibilidade de uma guerra comercial entre Pequim e Washington segue ameaçando a China, após os Estados Unidos adotarem tarifas totalizando 50 bilhões de dólares contra as exportações chinesas que podem entrar em vigor no próximo dia 22 de maio.

O consumo interno também começa a perder força na China.

Apesar das vendas no varejo atingirem 9,4% ao ano em abril, o ritmo de crescimento ficou abaixo dos 10,1% em março, e inferior à previsão dos especialistas de 10%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos