Bolsas

Câmbio

Empresas dos EUA estão otimistas, apesar de incerteza comercial, diz Fed

Washington, 30 Mai 2018 (AFP) - A incerteza comercial continua a pairar sobre as empresas americanas, mas elas se mantêm otimistas, mesmo diante da falta de mão de obra que as obrigou a aumentar os salários, disse nesta quarta-feira (30) uma pesquisa do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano).

A falta de mão de obra tem sido uma preocupação crescente há vários meses, em todos os níveis e em muitas indústrias, mas agora está levando as empresas a tomarem medidas extraordinárias e inclusive rejeitarem negócios, de acordo com a pesquisa econômica do Fed.

Enquanto o presidente Donald Trump trava uma batalha comercial em várias frentes, as empresas e os agricultores ainda estão preocupados com os efeitos que isso pode ter, inclusive um abalo nas exportações e um aumento nos preços de bens essenciais, como o alumínio e o aço.

"Os contatos notaram alguma preocupação com a incerteza sobre a política comercial internacional", disse o Fed no resumo da pesquisa.

Apesar disso, "a atividade econômica expandiu-se moderadamente no fim de abril e início de maio" e as empresas estão "em geral otimistas" em relação ao crescimento de curto prazo, informaram os 12 distritos do Fed.

Mas a falta de mão de obra é generalizada em todos os distritos. Embora os aumentos salariais tenham sido modestos, eles foram relatados em todo o país e estão começando a ter um impacto sobre os preços.

"Muitas empresas responderam à falta de talentos com salários mais altos e pacotes generosos de remuneração", disse a pesquisa.

O Federal Reserve monitora de perto o mercado de trabalho e os salários, que podem impactar a inflação e têm dado sinais preliminares de aceleração, depois de se aproximarem da meta de 2% do Fed.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos