IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Falha pode ter exposto fotos não publicadas do Facebook

14/12/2018 18h49

San Francisco, 14 dez 2018 (AFP) - O Facebook pediu desculpas nesta sexta-feira por uma "falha" que pode ter exposto fotos não publicadas de 6,8 milhões de usuários em um período de 12 dias através de aplicativos de terceiros.

No mais recente de uma série de incidentes sobre proteção de dados, a rede social disse que usar o login do Facebook e conceder permissão a aplicativos de terceiros para acessar fotos pode ter levado a esse lapso, entre 13 e 25 de setembro.

"Quando alguém dá autorização para um aplicativo acessar suas fotos do Facebook, normalmente só damos acesso às imagens que as pessoas compartilham em sua linha do tempo", explicou o diretor de engenharia, Tomer Bar, em uma mensagem aos desenvolvedores.

"Neste caso, o 'bug' potencialmente deu aos desenvolvedores acesso a outras fotos, como as compartilhadas no Marketplace ou no Facebook Stories"

Bar acrescentou que o 'bug' também afetou as fotos que as pessoas enviaram para o Facebook mas optaram por não postar.

"Armazenamos uma cópia dessa foto para que o usuário a tenha disponível quando voltar ao aplicativo para completar sua publicação", explicou.

Bar indicou que os usuários afetados serão contatados e direcionados a um serviço de atendimento ao cliente onde poderão ver as imagens que podem ter sido afetadas.

"Lamentamos o ocorrido", disse. "No início da semana que vem lançaremos ferramentas para os desenvolvedores de aplicativos que lhes permitam determinar quais usuários podem ter sido atingidos por esta falha. Trabalharemos com esses desenvolvedores para apagar as fotos dos afetados".

O Facebook vem registrando diversos casos vinculados a suas práticas de proteção de dados, sobretudo desde a revelação, há nove meses, do escândalo Cambridge Analytica, que provocou investigações parlamentares e chamados a boicotar a rede, que tem mais de dois bilhões de usuários.

rl/jm/lb/ll/db/cc

Mais Economia