IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Monsanto condenada a pagar USD 81 milhões em julgamento por herbicida Roundup

27/03/2019 20h22

San Francisco, 27 Mar 2019 (AFP) - O grupo Monsanto foi declarado culpado, nesta quarta-feira, de negligência por um júri da Califórnia e condenado a pagar cerca de 81 milhões de dólares a um aposentado americano que sofre de um câncer que ele atribui ao polêmico herbicida Roundup.

A sentença representa um grave revés para o gigante alemão Bayer, o proprietário da Monsanto, que já foi condenada em um julgamento similar realizado em agosto passado nos Estados Unidos.

O júri considerou que a Monsanto não fez o suficiente para alertar os usuários do risco potencialmente cancerígeno do seu produto, que contém glifosato.

Os jurados determinaram que o Roundup tinha um "defeito de design", que "carecia" de advertências sanitárias sobre os riscos e que a Monsanto tinha sido "negligente".

Do valor total da condenação, 75 milhões são por danos "punitivos" pela conduta do grupo.

Na semana passada, o mesmo júri determinou que a exposição ao Roundup foi um "fator determinante" no desenvolvimento do câncer de Edwin Hardeman. Após essa decisão, foi aberta a segunda fase do julgamento, dedicada à responsabilidade da Monsanto, que se encerrou com a condenação desta quarta-feira.

jc/vog/leo/lda/cbr/yow/db/cc

Mais Economia