PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Trump volta a atacar presidente do Banco Central dos EUA

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fala com repórteres em frente à Casa Branca - Leah Millis/Reuters
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fala com repórteres em frente à Casa Branca Imagem: Leah Millis/Reuters

Em Washington

06/09/2019 13h38

O presidente Donald Trump lamentou publicamente, mais uma vez, ter nomeado Jerome Powell como presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), em um tuíte bastante depreciativo postado hoje.

"Onde encontrei esse cara, Jerome? Bom, não se pode acertar em tudo!", tuitou. "Estou de acordo com @jimcramer (um conhecido apresentador da emissora CNBC): o Fed deveria reduzir suas taxas", acrescentou.

O Comitê Monetário do Federal Reserve deve se reunir nos dias 17 e 18 de setembro para tomar uma decisão.

Volta e meia Trump critica o Fed por ter subido as taxas muito rápido no final de 2018 e, com isso, fortalecido o dólar. A valorização da moeda castigou as exportações americanas em meio a uma dura guerra comercial com a China.

Segundo o presidente, a política do Fed é a única responsável pela desaceleração econômica do país. Desde o início do ano, Trump pede que se corte drasticamente as taxas.

Os virulentos ataques de Trump ao órgão rompem com a tradição de respeitar a independência do Fed. Até o momento, porém, Powell não respondeu diretamente às críticas do presidente, salvo para afirmar que tem a intenção de chegar ao final de sua gestão.