PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Wall Street fecha sem tendências definidas preocupada com crescimento mundial

16/05/2022 19h11

Nova York, 16 Mai 2022 (AFP) - A bolsa de Nova York fechou com resultados díspares nesta segunda-feira (16), sem tendências definidas durante todo o dia, depois de ensaiar uma recuperação na sexta-feira em um contexto de preocupação com o crescimento econômico mundial.

O índice de referência Dow Jones registrou alta marginal de 0,08%, fechando a 32.223,42 pontos. O tecnológico Nasdaq, por sua vez, perdeu 1,20%, a 11.662,79 unidades, após registrar forte alta na sexta-feira (+3,82%), enquanto o índice ampliado S&P 500 - das 500 maiores empresas - caiu 0,39%, fechando a 4.008,01 pontos.

A convicção dos mercados foi limitada por múltiplas "preocupações, entre elas a campanha de ajuste monetário agressiva do Fed (banco central americano) e as tensões inflacionárias persistentes", destacaram os analistas da corretora Schwab.

"As preocupações com a desaceleração do crescimento econômico também influenciaram", acrescentaram, após estatísticas chinesas medíocres que demonstrarem que o confinamento motivado pela covid-19 freiam a atividade econômica da segunda economia mundial.

As vendas ao varejo tiveram sua pior queda em dois anos em maio, e o desemprego aumentou bruscamente, anunciaram nesta segunda as autoridades chinesas.

As revisões para baixo das previsões de crescimento da Comissão Europeia para a zona euro tampouco passaram despercebidas.

A Comissão cortou drasticamente nesta segunda sua previsão de crescimento para a zona do euro este ano, de 4,0% a 2,7%, ao mesmo tempo em que elevou sua expectativa de inflação a 6,1%, devido ao impacto da guerra na Ucrânia.

Entre os valores do dia, as ações do Twitter caíram 8,20%, fechando a 37,38 dólares o papel, abaixo do nível em que estavam quando o bilionário Elon Musk anunciou que comprava ações da empresa.

A ação valia 39,31 dólares quando Musk comprou 9,2% do capital da rede social, antes de oferecer dias depois 54,20 dólares por título para comprar 100% da companhia, então avaliada em 44 bilhões de dólares.

As ações da empresa de veículos elétricos Tesla, de propriedade de Musk, também perderam 5,88%, avaliadas em 724,37 dólares.

Por outro lado, os investidores tiveram uma reação tímida sobre a notícia de que o McDonald's (-0,09%) se retirará definitivamente da Rússia depois de 30 anos de presença no país.

vmt/tu/def/mr/llu/mvv

Dow