IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Farmacêutica britânica GSK anuncia compra de laboratório canadense por US$ 2 bilhões

18/04/2023 11h52

A gigante farmacêutica britânica GSK anunciou nesta terça-feira (18) a compra da empresa canadense Bellus, especializada em remédios para a tosse crônica, pelo valor de 2 bilhões de dólares (cerca de 10 bilhões de reais), em um comunicado.

As duas empresas estimam que 28 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de tosse crônica, aquela que persiste por mais de oito semanas e não responde a tratamentos devido a uma condição subjacente ou inexplicável. Mais de um terço delas foram afetadas por mais de um ano.

Os pacientes "podem tossir mais de 900 vezes ao dia, o que afeta sua qualidade de vida" e o Camlipixant, novo medicamento desenvolvido pela Bellus com lançamento previsto para 2026, pode se tornar "um tratamento de primeira linha com um potencial de vendas significativo", disse Luke Miels, diretor comercial da GSK, citado no comunicado.

A GSK, atrás da rival Astrazeneca nos últimos anos, principalmente na corrida por vacinas contra a covid-19, viu seu lucro líquido mais do que triplicar em 2022, impulsionado, sobretudo pelas vendas "recordes" da Shingrix, sua vacina contra herpes.

As vendas do grupo aumentaram 19%, até 29,3 bilhões de libras (179 bilhões de reais), associadas ao crescimento de mais de um terço de seus medicamentos específicos.

Desde o desmembramento de seu negócio de saúde do consumidor, que estreou na bolsa de valores de Londres como Haleon em julho, a GSK tem buscado aumentar seus medicamentos especiais de alto valor e novas vacinas.

No ano passado, a farmacêutica britânica anunciou a compra da Sierra Oncology, empresa californiana especializada em formas raras de câncer, além da biofarmacêutica americana Affinivax, que está desenvolvendo uma nova classe de vacinas.

ode-acc/zm/yr

© Agence France-Presse