PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Moeda de 5 francos suíços entra na mira dos falsificadores

Catherine Bosley

04/03/2016 12h34

(Bloomberg) -- As cédulas não são o único formato de dinheiro da Suíça que chama a atenção dos criminosos.

Enquanto as autoridades do Banco Nacional Suíço recebem acusações de que as notas de 1.000 francos facilitam as atividades ilegais, seus colegas de cunhagem da Swissmint, a casa da moeda suíça, têm uma dor de cabeça diferente. As falsificações da moeda de mais alto valor nominal, de 5 francos (US$ 5), aumentaram nos últimos dois anos. Os criminosos procuram lucrar com uma das peças de dinheiro de metal mais valiosas do mundo em circulação diária.

Em 2014, 14.081 peças de 5 francos falsificadas foram retiradas de circulação. No ano passado, o número foi de 7.616, mostram estatísticas oficiais. Contrasta com um total de menos de 1.000 nos anos anteriores.

"É claro que os bandidos procuram o lugar onde podem ganhar mais dinheiro", disse o diretor administrativo da Swissmint, Marius Haldimann, de seu escritório, em um edifício da belle époque em Bern. "A maioria das falsificações vem da Itália. Devido aos custos do material, a produção só pode ser feita pelo crime organizado".

Em uma oportunidade, um grupo de italianos foi parado na fronteira. O pequeno veículo Smart deles estava carregado com 5.000 peças falsificadas de 5 francos.

Embora algumas falsificações sejam de alta qualidade, outras são detectadas facilmente.

"Até mesmo uma pessoa comum é capaz de dizer que algo está errado", disse Haldimann, jogando uma peça falsificada sobre a mesa. Ela fez um tinido metálico estranho.

Apesar do apelo da falsificação de moedas suíças, a incidência da contrafação é relativamente baixa.

Recursos de segurança

Apenas uma em cada mil moedas de 5 francos acabam sendo ilegítimas, diz a Swissmint. O total contrasta com a fatia de 2,6 por cento das peças de uma libra esterlina, segundo a Royal Mint, a casa da moeda real da Grã-Bretanha. A baixa proporção suíça se deve em parte à liga usada, à mão de obra de alta qualidade e ao design, que inclui recursos de segurança.

Haldimann, da Swissmint, disse que a demanda por moedas vem crescendo, resultando em um aumento de um terço da produção anual nas últimas duas décadas. O crescimento populacional e a expansão do turismo foram dois motivos para o aumento. Eventos especiais também cumprem um papel: a demanda por peças de 1, 2 ou 5 francos subiu na época do torneio de futebol Euro 2008.

"Para pedir uma cerveja e um salsichão na Suíça, que é um país caro, você precisa de moedas de alto valor nominal", disse Haldimann.

Economia