Apple aposta nas redes sociais com app de vídeo para iPhone

Mark Gurman e Alex Webb

(Bloomberg) -- Para aproveitar a popularidade das redes sociais, a Apple está desenvolvendo um aplicativo de compartilhamento e edição de vídeos e testando novos recursos para os sistemas operacionais do iPhone e do iPad.

Os planos iniciais fazem parte de um foco recém-direcionado para integrar aplicativos de redes sociais aos dispositivos móveis da Apple e são uma reação ao sucesso de empresas focadas em redes sociais, como Facebook e Snapchat, segundo pessoas familiarizadas com a estratégia da Apple. Uma porta-voz da Apple preferiu não comentar.

O crescimento dos negócios de hardware da Apple está perdendo força e o CEO da empresa, Tim Cook, está mirando os negócios de serviços da companhia, como a App Store e o sistema de armazenamento iCloud, como forma de gerar uma receita maior. A Apple falhou no lançamento de serviços para redes sociais no passado, por exemplo com uma rede social focada no iTunes, chamada Ping, em 2010. Agora, enquanto aplicativos como Snapchat, Instagram e Messenger, os dois últimos do Facebook, crescem com base no sistema operacional móvel iOS da Apple, a empresa busca criar seus próprios recursos para manter sua relevância, particularmente entre os usuários mais jovens.

A importância das redes sociais pode ser vista na quantidade de tempo que as pessoas gastam com os aplicativos. Por exemplo, os usuários móveis do Facebook utilizam o Feed de Notícias, o Instagram e o Messenger em média 50 minutos por dia, enquanto os 150 milhões de usuários ativos do Snapchat passam uma média de 30 minutos por dia no aplicativo de compartilhamento de fotos e vídeos. Dos 10 principais aplicativos de terceiros para iPhone na App Store, três são do Facebook e dois da empresa dona do Snapchat.

Compartilhamento de vídeos

A próxima atualização da empresa de seu sistema operacional para dispositivos móveis, que rodará nos modelos recentes de iPhone e iPad, incluirá um aplicativo de mensagens reformulado focado diretamente no Messenger, do Facebook, e no WeChat, da Tencent Holdings. A atualização do iMessage, anunciada pela Apple em junho, incluirá novos efeitos animados para ilustrar as mensagens de texto, como balões e fogos de artifício, uma App Store com plugins para o envio de imagens animadas e stickers e ferramentas para desenhar sobre fotos e vídeos.

Agora a Apple está começando a desenvolver um aplicativo de compartilhamento de vídeos que permita que os usuários gravem vídeos e apliquem filtros e desenhos às imagens -- basicamente como o Snapchat -- e enviem para seus contatos ou publiquem em redes sociais como o Twitter, segundo pessoas familiarizadas com seu desenvolvimento. O software atualmente é desenvolvido para ser usado basicamente com uma das mãos e a intenção é que o vídeo possa ser gravado, editado e enviado em menos de um minuto, disseram as pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos